Shane Smith continuará a fazer parte do grupo como presidente-executivo, segundo um comunicado publicado esta terça-feira.

Embaixador e rosto da marca Vice desde o seu lançamento, em 1994, o canadiano havia acompanhado até agora todas as fases do desenvolvimento do grupo, que nasceu como uma revista de contracultura e se tornou uma empresa editorial de impacto global.

A sua sucessora, Nancy Dubuc, vem da A&E, uma empresa conjunta entre a Disney e o grupo Hearst Corporation, que controla 15% do capital da Vice Media e da qual ela é diretora-executiva desde 2013.

Dubuc anunciou na passada segunda-feira a sua saída do grupo de televisão, que compreende os canais A&E, Lifetime, History e Viceland, lançado no começo de 2016.

A nomeação de uma mulher para a Vice Media envia uma mensagem forte num momento em que o grupo se recupera das revelações publicadas pelo New York Times, no final de 2017, sobre as práticas de assédio sexual na empresa.

O objetivo do grupo é atingir a paridade de género em todas as suas divisões até 2020.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.