Pink foi a grande estrela deste sábado, dia 5 de outubro, do Rock in Rio Brasil. A estrela pop subiu ao Palco Mundo depois da meia-noite e, apesar das expectativas já serem altas, conseguiu superá-las e surpreender a multidão que encheu a Cidade do Rock do Rio de Janeiro.

No palco do festival, a cantora apostou num espetáculo teatral, a fazer lembrar um musical da Broadway, com muitas acrobacias, coreografias e acessórios. Do início ao fim do concerto, a norte-americana entregou-se completamente e com intensidade a todos os momentos e o público respondeu na mesma moeda.

VEJA NA GALERIA AS FOTOS DO CONCERTO:

"Get the Party Started", "Beautiful Trauma", "Just Like a Pill" e "Who Knew" abriram o concerto de Pink no Rock in Rio Brasil - o início foi atrapalhado por falhas no microfone, enquanto a cantora rodopiava pelo Palco Mundo. Ao quarto tema, já com o público totalmente rendido, a artista de 40 anos serviu "Funhouse" e "Just a Girl".

Antes dos grandes singles que somam milhares de reproduções nas rádios de todo o mundo, Pink recordou ainda "Hustle" e "Secrets". O terceiro ato do concerto - o espetáculo é dividido em várias partes, separadas por pequenos vídeos -, arrancou com "Try" e contou ainda com "Just Give Me a Reason" e "Just Like Fire".

O desfile de sucessos continuou com "What About Us", "Walk Me Home", "I Am Here" e "F**kin' Perfect". Pelo meio houve tempo ainda para uma breve passagem por "We Are The Champions", dos Queen.

Entre os singles mais populares da carreira da artista, um fã da cantora aproveitou a oportunidade para pedir em casamento a sua cara-metade. "Crescer como um rapaz gay numa cidade pequena não foi fácil. Sentia que era esquisito e a sua música fez com que me ligasse com outras pessoas", disse o fã.

"E eu conheci o Gabriel. E nos tornamos amigos, depois melhores amigos e, agora, namorados. E hoje, dez anos depois,  acho que é hora de dar o próximo passo. Amo-te tanto. Mesmo que esta mulher tenha feito pelo menos 30 músicas com avisos sobre casamento, eu ainda quero tentar se for contigo. Queres casar comigo?", perguntou. A resposta foi sim.

"Parabéns. Os primeiros 20 anos são os mais difíceis", brincou a cantora.

Depois do pedido de casamento, houve ainda tempo para "Raise Your Glass", "Blow Me (One Last Kiss)" e  "Can We Pretend". Mas o ponto alto da noite ficou guardado para o fim: ao som de "So What", Pink sobrevoou o público e fez acrobacias circenses pelo ar. Durante cinco minutos, a cantora 'passeou' por cima dos mais de 100 mil espectadores e surpreendeu todos os presentes com as manobras no ar.

Veja o momento no vídeo:

A estreia de Pink em solo brasileiro não podia ter corrido melhor (para a cantora e para os milhares de fãs). Durante duas horas, a artista norte-americana ofereceu um espetáculo repleto de sucessos e surpreendeu a multidão com as suas acrobacias arriscadas.

A reação das mais de 100 mil pessoas que assistiram ao concerto não deixa margem para dúvidas: Pink é foi aposta certeira e combina na perfeição com o Rock in Rio.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.