Na emissão desta terça-feira, dia 12 de março, de "Tubo de Ensaio", da TSF, Bruno Nogueira analisou os novos reality shows da TVI e da SIC. No passado domingo os canais estrearam "Quem quer namorar com o agricultor?" e "Quem quer casar com o meu filho?".

"Foi com algum choque que assisti à estreia dos novos reality shows da SIC e TVI. Para ser sincero o da SIC, ‘Quem quer casar com o agricultor?’, não me prendeu muito e até acho que tem um lado pedagógico. Devia ser apoiado pelo PAN. Arranjar namorada para um agricultor pode ser positivo, porque assim evita-se que algumas galinhas e gado bovino de pequeno porte sofram na pele a solidão do agricultor", começou por gracejar Bruno Nogueira no início da rubrica.

Para o humorista, o programa da TVI começa mal logo pelo nome. "O nome devia valer bullying para o resto da vida aos filhos destas criaturas. Isto é pior que as mães que levam os filhos até aos 16 até à porta do liceu", frisou.

"Não vale a pena sequer referir que, 48 horas depois da grande celebração do dia da mulher e da independência da mulher, temos um programa em que um tipo está sentado num sofá com a mãe ao lado e entram mulheres por uma porta, tipo gado, e são questionadas por um menino da mamã e pela sogra com perguntas do género: ‘sabe cozinhar? O meu filho gosta de comer muito'", acrescentou.

Bruno Nogueira frisou ainda que não vê "explicação" para o programa da TVI: "Mulheres tratadas como gado, como se a mulher casasse para ir fazer de mamã do marido. Tipos que querem seduzir uma mulher e levam a futura sogra".

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.