Humoristas da televisão norte-americana multiplicaram as homenagens a França depois dos ataques da semana passada em Paris, com elogios à resposta dos seus cidadãos e às demonstrações de solidariedade ao redor do mundo.

"O que aconteceu na sexta-feira à noite mudou-nos”, disse Jimmy Fallon na segunda-feira durante o "Tonight Show", do canal NBC. "Somos pessoas diferentes do que éramos na sexta-feira”, acrescentou o apresentador.

"Aqueles tiros e bombas que pretendiam destruir-nos e destruir a humanidade tiveram o efeito contrário", afirmou. "Em vez disso, estes eventos uniram-nos ainda mais. E o núcleo de toda esta destruição transformou-se em amor ao redor do mundo. Estamos mais unidos agora do que jamais estivemos. Eu posso sentir", completou.

Trevor Noah, o sul-africano que substituiu em setembro Jon Stewart como apresentador do programa "The Daily Show", também comentou os ataques que deixaram 129 mortos em Paris. Ao comentar a reação dos parisienses aos ataques, afirmou: "O que mais me impressionou nisto tudo foi a hashtag espontânea 'portesouvertes' (portas abertas).”

"Trending topic" no Twitter, pouco depois dos atentados, a hashtag informava sobre pessoas dispostas a abrigar aqueles que não tinham condições de regressar para as suas casas, depois de o governo ter decretado estado de emergência.

"Quero dizer, na noite mais assustadora da vida destas pessoas, elas abrem as suas casas para estranhos, para que entrem e encontrem refúgio. Isto pareceu-me impressionante", disse Noah.

Outros apresentadores, como John Oliver (HBO) e Stephen Colbert (CBS), também prestaram tributo aos franceses.

Estas reações à tragédia, por parte dos comediantes, representa uma mudança, já que França costuma ser um alvo preferencial dos humoristas e apresentadores norte-americanos, com piadas repletas de estereótipos, como os franceses e as suas baguetes, as boinas e as "french fries" (batatas fritas).

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.