Conceição Lino foi entrevistada por Maria Helena no programa "Ponto de Equilíbrio", na SIC Internacional. Durante a conversa, a apresentadora e jornalista recordou o programa que conduziu nas tardes da SIC, entre 2010 e 2014.

"Quando se faz um programa diário de três horas, e eu que sou muito perfecionista, tive que aprender a deixar ir. E as pessoas que trabalharam comigo sabem que eu infernizava a vida às pessoas sempre quando não gostava da maneira como as coisas corriam", confessou Conceição Lino.

Em "Ponto de Equilíbrio", a jornalista frisou ainda que tentava sempre elevar a fasquia. "As pessoas, quando trabalham comigo - esta minha exigência que tenho comigo -, percebem que não é uma implicação que eu tenho com elas, que não é para as deitar abaixo, é exatamente para pormos sempre a fasquia cá em cima", explicou.

"Achei que era possível fazer um programa divertido, bem disposto e que chegasse às pessoas de forma decente, de forma honesta e sem expor ninguém", rematou.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.