Numa altura em que a maior parte das pessoas se encontra em regime de teletrabalho, perante a pandemia do novo coronavírus, vários media adaptaram a sua estratégia a este novo ciclo: alguns passaram a disponibilizar gratuitamente conteúdos relevantes sobre a COVID-19 e os canais desportivos isentaram os seus clientes do pagamento durante este período.

Na Sport TV, "todos os canais 'premium' estão isentos de pagamento enquanto durar o estado de exceção que impacta as competições desportivas", segundo comunicado da empresa.

Também a Eleven Sports, operador de canais de desporto, teve a mesma estratégia.

"Numa altura em que a pandemia da covid-19 já está a ter um impacto direto na vida dos portugueses, e diversas competições desportivas nacionais e internacionais se encontram condicionadas ou suspensas, a Eleven Sports (...) tomou a decisão de não cobrar a mensalidade, a novos e atuais clientes, para os seus seis canais 'premium' desportivos, bem como para o serviço de 'streaming'", anunciou na semana passada a empresa.

Esta oferta, segundo a Eleven Sports, "mantém-se durante um período e 30 dias".

Na sexta-feira, num comunicado conjunto, a MEO, a NOS e a Vodafone reforçaram que, tendo em conta o "tempo de crise excecional" que se vive, "os operadores, com o objetivo de minorar as consequências do isolamento, tomaram a decisão, juntamente com a Sport TV, BTV e Eleven Sports, de não cobrar a mensalidade aos clientes".

Mais informações sobre o COVID-19.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.