Pela primeira vez em 12 anos e meio, a SIC conseguiu bater a TVI. A estação de Paço de Arcos liderou as audiências em fevereiro, ultrapassando a concorrência.

De acordo com os dados, a SIC registou audiências mensais de 18,6%, superando a TVI por uma décima - a estação caiu para o segundo lugar com 18,5%. O canal de Queluz de Baixo era líder há 150 meses consecutivos - a liderança da SIC não acontecia desde julho de 2006.

O aumento de audiências deve-se, em grande parte, à transferência de Cristina Ferreira para a SIC. A apresentadora estreou-se no canal a 7 de janeiro, liderando no horário da manhã. Ao SAPO Mag, a SIC frisa que o "programa mais do que duplicou o número de telespectadores que habitualmente viam a SIC nas manhãs dos dias úteis, tendo um aumento de 18,9% na quota de mercado".

sic

Em comunicado, a SIC confirma a liderança e frisa que "o canal manteve a tendência de subida das audiências, que se verifica acentuadamente desde o último trimestre de 2018, quando passou a liderar as tardes dos dias úteis, fruto dos resultados de 'Casados à Primeira Vista', 'Júlia' ou a telenovela 'Gabriela'".

Em relação a 2018, a SIC é a única estação a crescer - em fevereiro do ano passado a estação registava um share total de 16,5%. "Decorridos dois meses de 2019, a SIC é a única a crescer em relação ao ano anterior, passando de um share total de 16.5% para um share médio de 18.6%. Também este ano a SIC reforça a liderança de há vários anos nos targets comerciais e em fevereiro vê confirmada pelos resultados, a liderança global das audiências, sendo, por isso, televisão preferida dos portugueses", frisa o canal.

O grupo de canais SIC manteve a liderança em fevereiro e terminou o mês com 22.1% de share contra 21.0% do universo TVI e 16.3% do universo RTP.

TVI SIC

TVI lidera no prime-time e durante o dia

"Decorridos dois meses de 2019, a TVI reafirma-se como o canal líder, com 18,8% de share no total dia e 23,1% no universo prime-time. Também em fevereiro, a TVI mantém a liderança no prime-time ao registar 23% no universo. No principal target comercial, Adultos – também em prime-time -, a TVI lidera, com um share de 23,5%, de acordo com os dados da GfK", explica o canal em comunicado.

Os novos formatos da informação da TVI continuam destacaram-se ao longo do último. O novo programa de Ricardo Araújo Pereira, “Gente Que Não Sabe Estar”, alcançou uma audiência média de um milhão 326 mil espectadores e um share de 25,7%, liderando claramente durante o seu horário de exibição.

Já o "Jornal das 8" mantém a liderança com um milhão 27 mil espectadores e um share de 21.9%.

No entretenimento, a quarta edição do “Dança com as Estrelas” conquistou uma média um milhão 166 mil de audiência média e 27,4% de share.

"A ficção da TVI continua a ser a preferida dos Portugueses há 14 anos com a novela “Valor da Vida”, a  mais vista em Portugal, a registar ao longo deste mês, uma audiência média de 1 milhão 106 mil espectadores e um share de 24.1%. Também “A Teia”, lidera no seu horário de exibição perante o produto de ficção da concorrência, com uma audiência média de 789 mil espectadores e um share de 24.5%", frisa a TVI em comunicado.

SIC Notícias também é líder

No universo dos canais por subscrição, a SIC Notícias termina mês de fevereiro como o canal de informação mais visto pelos portugueses, alcançando 1,6% de share.

A SIC Mulher terminou o mês com 0,9% de share, a SIC Radical com 0,4% de share, a SIC Caras com 0,3% de share, subindo 0,1 pontos percentuais face ao mês anterior e a SIC K com 0,2% de share.

O primeiro mês de Cristina na SIC

"O Programa da Cristina" foi um dos programas da televisão portuguesa mais comentados ao longo de janeiro. O talk show de Cristina Ferreira nas manhãs da SIC estreou no dia 7 de janeiro e conquistou os espectadores, registando 40,1% de share.

Ao longo de todo o mês, o programa liderou o horário da manhã com uma audiência média de 5% e 33,8% de share. No total, em média, "O Programa da Cristina" foi acompanhado diariamente por cerca de 486 mil e 900 telespectadores, batendo o líder "Você na TV", da TVI, e a "Praça da Alegria", da RTP1.

Nos targets comerciais, o programa de Cristina Ferreira também liderou, em termos médios, no mês de janeiro, com 37% de share.

"Em termos de perfil o 'Programa da Cristina' liderou em termos absolutos, em janeiro, nos indivíduos do sexo feminino, nas donas de casa, em todas as classes sociais, nos indivíduos com mais de 55 anos e nas regiões do Norte, Centro e Sul. Nos restantes targets - indivíduos do sexo masculino, com idades até aos 54 anos e na região de Lisboa - liderou no universo dos canais generalistas, recolhendo assim a preferência de todos os portugueses", explica o canal ao SAPO Mag.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.