Nas três horas de cerimónia do Emmy, alguns momentos destacaram-se, incluindo uma proposta de casamento, referências a Deus, discursos sobre diversidade e o triunfo do veterano Fonzie.

Pedido de casamento

A audiência dos prémios pode ter aumentado após um dos vencedores fazer uma proposta de casamento durante a cerimónia.

Glenn Weiss, que recebeu o prémio de melhor diretor de um programa especial de variedades (pela cerimónia dos Óscares) deixou a plateia em choque durante o discurso de agradecimento quando falou a Jan Svendsen: "A razão pela qual eu não gosto de te chamar de minha namorada é porque eu quero chamar-te de minha esposa", afirmou, diante dos aplausos, gritos e algumas lágrimas da audiência.

O Fonzie está de volta

Henry Winkler, nome muito conhecido nos anos 1970 nos EUA como o eterno e genial "Fonzie" em "Happy Days", venceu o seu primeiro Emmy como ator secundário em comédia pelo seu papel de professor de representação em "Barry", da HBO.

O ator de 72 anos tinha sido nomeado três vezes pela série "Happy Days" e mais uma pelo drama "The Practice" em 2000.

"Oh meu Deus, oh meu Deus!", afirmou ao aceitar o prémio, antes de brincar que tinha escrito o discurso há 43 anos.

Winkler disse que ouviu há alguns anos anos que se ele persistisse durante tempo suficiente, "os resultados chegariam".

"Hoje à noite, tenho que limpar a mesa", acrescentou, perante os aplausos dos colegas.

Henry Winkler com Ron Howard, amigo e colega de "Happy Days".

Deus é mulher

Thandie Newton, que venceu na categoria secundária em série dramática pelo seu papel em "Westworld", disse: "Nem acredito em Deus, mas vou agradecê-la esta noite".

"Nós resolvemos"

A canção de abertura da cerimónia estabeleceu o tom do evento, quando membros do programa "Saturday Night Live" - Kate McKinnon e Kenan Thompson - afirmaram que o delicado tema da diversidade foi solucionado.

"A sério? Então a diversidade não é mais um problema em Hollywood?", perguntou McKinnon, ao que Thompson respondeu: "Não, nós resolvemos".

Em seguida, entraram no palco outras estrelas, como Kristen Bell, Ricky Martin e Tituss Burgess, que apresentaram uma canção sobre o tema.

"Nós resolvemos! Acompanhamos o tempo, há espaço para todas as nossas vozes, mas sobretudo para Shonda Rhimes", cantaram, em referência à produtora afro-americana, que criou séries de sucesso como "Anatomia de Grey" and "Scandal".

Aclamação para Betty White

Betty White foi aplaudida de pé ao ser homenageada pelos seus mais de 80 anos na televisão.

White, que protagonizou séries de sucesso como "Sarilhos com Elas" e "The Mary Tyler Moore Show", afirmou que tem sorte de continuar a representar.

"É incrível que possa permanecer numa carreira durante tanto tempo e ainda assim ter pessoas que te apoiam".

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.