"Bem-vindos aos Pand-Emmys", disse Jimmy Kimmel no arranque da cerimónia dos Emmys, que decorreu no gigantesco e totalmente vazio Staples Center, em Los Angeles, na madrugada deste domingo para segunda-feira.

O prefixo acrescentado pelo apresentador e humorista resume na perfeição a cerimónia virtual e 'caseira' - os vencedores receberam e agradeceram os galardões nas suas casas e Jimmy Kimmel recebeu poucos convidados em palco. Apesar da gala adaptada e condicionada devido à pandemia da COVID-19, a noite não deixou de celebrar e premiar as melhores produções televisivas dos últimos 12 meses.

Produções mais premiadas

1. Watchmen - 11 Emmys

2. Schitt’s Creek - 9 Emmys

3. Succession - 7 Emmys

4. The Mandalorian - 7 Emmys

5. RuPaul’s Drag Race - 6 Emmys

6. Saturday Night Live - 6 Emmys

7. Last Week Tonight With John Oliver - 4 Emmys

8. The Marvelous Mrs. Maisel - 4 Emmys

Refletindo o espírito de protesto deste ano, a minissérie da HBO "Watchmen" partiu na frente da corrida, com 26 nomeações, e foi a grande vencedora da noite, conquistando 11 Emmys. A produção arrecadou alguns dos principais prémios, incluindo o de Melhor Minissérie - "Little Fires Everywhere", "Mrs. America", "Unbelievable" e "Unorthodox" também estavam nomeadas na categoria. A protagonista, Regina King, venceu o galardão de Melhor Atriz numa Minissérie.

créditos: (Invision for the Television Academy/AP

Nas cerimónias pré-Emmys, que premeia as categorias técnicas e de arte, "Watchmen"  ganhou sete estatuetas, entre fotografia, mistura de som e guarda-roupa. Ja na cerimónia, a produção conquistou quatro estatuetas.

"Schitt's Creek" bate novo recorde

"Schitt's Creek" foi uma das grandes surpresas desta edição dos Emmys, sendo a segunda produção mais premiada, com nove galardões, incluindo o de Melhor Série de Comédia - "Curb Your Enthusiasm", "Dead to Me", "Insecure", "The Good Place", "The Kominsky Method", "The Marvelous Mrs. Maisel" e "What We Do in the Shadows" também estavam nomeadas, mas a sitcom canadiana acabou por ser a grande vencedora da noite.

Schitt’s Creek
créditos: (Invision for the Television Academy/AP

Na noite deste domingo, "Schitt's Creek" venceu ainda nas categorias de Melhor Ator em Série de Comédia (Eugene Levy), Melhor Atriz em Série de Comédia (Catherine O'Hara), Melhor Ator Secundário em Série de Comédia (Daniel Levy), Melhor Atriz Secundária em Série de Comédia (Annie Murphy), Melhor Guião de Série de Comédia e Melhor Elenco de Série de Comédia, entre outros.

Segundo o The Hollywood Reporter, "Schitt's Creek" bateu um novo recorde, tornando-se na série de comédia com mais vitórias numa única temporada.

Com sete prémios, "Succession" também foi umas das produções vencedoras da noite. A aposta da HBO, que estava nomeada em 18 categorias, conquistou o principal troféu da noite, o de Melhor Série Dramática, vencendo "Better Call Saul", "The Crown", "The Handmaid's Tale", "Killing Eve", "The Mandalorian", "Ozark" e "Stranger Things".

"The Mandalorian" também conquistou sete Emmys, mas todos referentes a categorias técnicas, que foram entregues na última semana. Os Emmys conquistados pela série são os primeiros prémios para uma produção original do serviço de streaming Disney+, que chegou a Portugal na passada semana.

Nas redes sociais, os Emmys foram acompanhados e comentados por milhares de espectadores, que celebraram especialmente a vitória de Zendaya, protagonista de "Euphoria", na categoria de Melhor Atriz numa Série Dramática.  A jovem estrela derrotou Jennifer Aniston, Olivia Colman, Jodie Comer, Laura Linney e Sandra Oh.

Na cerimónia, "RuPaul's Drag Race", que pode ser visto na Netflix, venceu na categoria de Melhor programa de competição, derrotando "The Masked Singer", "Nailed It!", "Top Chef" e "The Voice". Já "Last Week Tonight with John Oliver" levou para casa o Emmy de Melhor talk show de variedades.

No total, a HBO foi a mais premiada da noite, ao conquistar 30 galardões. Já a Netflix arrecadou 21 prémios, seguida pela Pop TV (10), Disney + (8) e NBC (8).

Já "Ozark" foi uma das séries derrotadas da noite. A produção estava na corrida para 18 prémios, acabando por vencer apenas um, o de Melhor Atriz Secundária em Série de Drama para Julia Garner.

Tyler Perry
créditos: Invision

A noite também homenageou a carreira de Tyler Perry, o magnata negro do entretenimento que conquistou maior diversidade em Hollywood e que, este ano, pagou as despesas do enterro de afro-americanos vítimas da violência policial, como George Floyd.

A gala foi conduzida por Jimmy Kimmel a partir do Staples Center, que esteve vazio - por norma, os Emmys decorrem do outro lado da rua, no Microsoft Theatre, mas foi escolhida uma arena maior para que as equipas respeitassem o distanciamento social.

Este ano, os Emmys decorreram em formato virtual com câmaras que transmitiram a emissão em direto a partir de centenas de lugares do mundo, devido à pandemia.

Uma cerimónia virtual e caseira

Depois de várias dúvidas sobre a realização da cerimónia, a equipa criativa meteu mãos à obra e apostou numa gala virtual, tentando manter o brilho de sempre.

Para o arranque da noite, a organização sincronizou imagens da edição de 2019 com o monólogo inicial do apresentador. No final do discurso de abertura, Jimmy Kimmel frisou que, obviamente, estava sozinho e as luzes da sala acenderam-se.

"Claro que não temos público. Este não é um comício #MAGA [ acrónimo para o slogan 'Tornar a América Grande Outra Vez',de Donald Trump], são os Emmys", frisou. "Estou sozinho aqui, como no baile de finalistas", gracejou.

"Não é que o que está a acontecer esta noite não seja importante. Não vai deter a COVID nem apagar os incêndios, mas é divertido e precisamos nos divertir", frisou Kimmel.  "Este foi um ano miserável. Foi um ano de divisão, injustiça, doença, aulas no Zoom, desastres e mortes. Fomos colocados em quarentena e trancados. O que encontramos naquele túnel escuro e solitário? Encontramos um amigo que está lá para nós 24 horas por dia, o nosso velho amigo, a televisão", acrescentou.

Veja a abertura da cerimónia:

Nas primeiras filas foram colocados cartazes com as fotografias dos nomeados. Entre as figuras em cartão estava um 'intruso', Jason Bateman. O ator esteve presente no arranque da cerimónia, mas abandonou a sala assim que Jimmy Kimmel exigiu gargalhadas.

No arranque da gala, Jennifer Aniston - cumprindo sempre o distanciamento social - também marcou presença no Staples Center, anunciado o primeiro vencedor da noite.

Para a indústria, os Emmys foram um teste perfeito rumo à temporada de prémios de 2021 de Hollywood, que já foi adiada.

Nas redondezas do estádio, foram colocados avisos para a equipa de produção sobre o uso de máscaras e sobre o distanciamento social. Na Califórnia, devido à COVID-19, já morreram 15 mil pessoas.

Alguns apresentadores de categorias acompanharam o anfitrião em palco - como H.E.R., que cantou no "In Memorian" -, mas foi uma pequena minoria.

Equipas de filmagem estiveram a acompanhar 138 estrelas, em 114 locais diferentes em dez países: um desafio para este tipo de cerimónias que são transmitidas em direto.

Independentemente dos resultados, a edição 2020 dos Emmys é um abanão no formato das cerimónias de prémios. A cada ano, as transmissões perdem mais e mais espectadores.

"Mesmo que a noite de domingo seja um desastre, pelo menos será um desastre interessante. E pouco mais se pode pedir em 2020", disse a editora do Indiewire TV Awards, Libby Hill, à AFP.

LISTA DE VENCEDORES:

Melhor Série Dramática:

Better Call Saul
The Crown
The Handmaid's Tale
Killing Eve
The Mandalorian
Ozark
Stranger Things
Succession - VENCEDOR

Melhor Série de Comédia:

Curb Your Enthusiasm
Dead to Me
Insecure
Schitt's Creek - VENCEDOR
The Good Place
The Kominsky Method
The Marvelous Mrs. Maisel
What We Do in the Shadows

Melhor Minissérie:

Little Fires Everywhere
Mrs. America
Unbelievable
Unorthodox
Watchmen - VENCEDORA

Melhor Ator numa Série de Comédia:

Anthony Anderson, black-ish
Don Cheadle, Black Monday
Ted Danson, The Good Place
Michael Douglas, The Kominsky Method
Eugene Levy, Schitt's Creek - VENCEDOR
Ramy Youssef, Ramy

Melhor Atriz numa de Comédia:

Christina Applegate, Dead to Me
Rachel Brosnahan, The Marvelous Mrs. Maisel
Linda Cardellini, Dead to Me
Catherine O'Hara, Schitt's Creek - VENCEDORA
Issa Rae, Insecure
Tracee Ellis Ross, black-ish

Melhor Ator numa Série Dramática:

Jason Batemna, Ozark
Sterling K. Brown, This Is Us
Steve Carell, The Morning Show
Brian Cox, Succession
Billy Porter, Pose
Jeremy Strong, Succession - VENCEDOR

Melhor Atriz numa Série Dramática:

Jennifer Aniston, The Morning Show
Olivia Colman, The Crown
Jodie Comer, Killing Eve
Laura Linney, Ozark
Sandra Oh, Killing Eve
Zendaya, Euphoria - VENCEDORA

Melhor Ator numa Minissérie ou Telefilme:

Jeremy Irons, Watchmen
Hugh Jackman, Bad Education
Paul Mescal, Normal People
Jeremy Pope, Hollywood
Mark Ruffalo, I Know This Much Is True - VENCEDOR

Melhor Atriz numa Minissérie ou Telefilme:

Cate Blanchett, Mrs. America
Shira Haas, Unorthodox
Regina King, Watchmen - VENCEDORA
Octavia Spencer, Self Made
Kerry Washington, Little Fires Everywhere

Melhor talk show de variedades:

The Daily Show with Trevor Noah
Full Frontal with Samantha Bee
Jimmy Kimmel Live!
Last Week Tonight with John Oliver - VENCEDOR
The Late Show with Stephen Colbert

Melhor programa de competição:

The Masked Singer
Nailed It!
RuPaul's Drag Race - VENCEDOR 
Top Chef
The Voice

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.