Este sábado, 28 de janeiro, a SIC estreou "Kingsman: Serviços Secretos", filme que conta a história de uma organização secreta de espiões. Porém, o canal decidiu cortar algumas das cenas mais violentas e íntimas para poder transmitir o filme de Matthew Vaughn durante a tarde.

A estação de Carnaxide não exibiu algumas das cenas-chave da história tendo, por exemplo, reduzido o momento do homicídio em massa numa igreja em mais de três minutos. Também o fim do filme foi cortado, não sendo exibido a cena íntima que envolvia o protagonista.

Nas redes sociais, os espectadores criticaram a opção da SIC  em transmitir uma versão censurada do thriller de espionagem que tem como protagonistas Taron Egerton e Colin Firth

O filme baseado na banda desenhada "The secret Service", de Dave Gibbons e Mark Millar, está classificado para maiores de 14 anos. A lei portuguesa não proíbe a transmissão de filmes para maiores de 14 durante o dia, frisando apenas que os canais com sede em Portugal não podem transmitir antes das 22h30 produções com cenas eventualmente chocantes.

A versão cortada e exibida pela SIC tinha classificação para maiores de 12 anos, como se pode consultar no site da estação.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.