A TVI volta a perder uma das suas estrelas: Ricardo Araújo Pereira trocou o canal de Queluz de Baixo pela SIC, anunciou a estação do grupo Impresa esta sexta-feira, dia 3 de janeiro.

O humorista vai estrear-se no canal no dia 10 de janeiro, juntamente com Pedro Mexia, João Miguel Tavares e Carlos Vaz Marques, transitando o programa "Governo Sombra", da TVI24, para a SIC.

A equipa de "Gente Que Não Sabe Estar", da TVI, também acompanha o humorista na mudança de estação.

"Os projetos a desenvolver por Ricardo Araújo Pereira serão anunciados brevemente, sendo certo que a SIC passará também a contar, já neste mês de janeiro, com o painel de análise política do 'Governo Sombra', que para além de Ricardo, conta com Pedro Mexia, João Miguel Tavares e moderação de Carlos Vaz Marques", explica o canal.

Para Ricardo Araújo Pereira, “este regresso à SIC é muito gratificante" porque "sempre quis conhecer as Laveiras e nunca se proporcionou". "Não é segredo para ninguém que se trata de uma das mais belas localidades da União de Freguesias de Oeiras e São Julião da Barra, Paço de Arcos e Caxias. Fiquei muito contente com o convite, que demonstra claramente que, quando uma estação é líder, pode dar-se ao luxo de começar a tomar decisões um bocado absurdas", graceja.

Em comunicado, o canal frisa que "esta contratação enquadra-se na estratégia da SIC para o desenvolvimento criativo de conteúdos o desenvolvimento criativo de conteúdos inovadores e capazes de chegar a diferentes públicos nas diversas plataformas disponíveis, desde o canal generalista, aos temáticos e à área digital".

"Ricardo Araújo Pereira ocupa um lugar de destaque no humor nacional e de expressão portuguesa além-fronteiras, tendo construído uma carreira que lhe trouxe elevados níveis de notoriedade, onde se destaca a sua capacidade de olhar de forma crítica para a sociedade e de traduzir essa visão em momentos de humor de antologia", acrescenta o canal.

Já Daniel Oliveira, Diretor Geral de Entretenimento, sublinha que "Ricardo Araújo Pereira, pelas suas notáveis e especiais qualidades, torna a nossa equipa ainda mais valiosa".

"Este seu regresso a uma casa que é também a sua, onde despontou como humorista e tem um histórico de sucesso memorável, será bastante estimulante para o público. Vamos aumentar a nossa capacidade de produzir mais conteúdos de humor nos diferentes formatos que o género permite, o que é muito desafiante para quem cria e amplia a nossa visibilidade junto de um espectro alargado do auditório”, sublinha.

Ricardo Araújo Pereira é licenciado em Comunicação Social pela Universidade Católica e começou a sua carreira como jornalista no “Jornal de Letras”.  Em 2003, com Miguel Góis, Zé Diogo Quintela e Tiago Dores, formou na SIC os "Gato Fedorento". O humorista escreve semanalmente na “Visão” e na “Folha de S. Paulo” (Brasil).

O humorista regressa assim à SIC, depois da estreia com o "Gato Fedorento", em 2003, na SIC Radical, e em 2008/2009, onde foi coautor e apresentou, entre outros, "Gato Fedorento Esmiúça os Sufrágios".

Durante as últimas legislativas, Ricardo Araújo Pereira apresentou a rubrica "Gente que não sabe estar" também na TVI, no qual entrevistou os candidatos políticos.

O anúncio da contratação do humorista acontece um dia depois de a SIC ter anunciado que terminou 2019 na liderança das audiências televisivas, posição que não ocupava há 15 anos, com 19,2% de 'share', mais 3,6 pontos percentuais do que a TVI, que ficou em segundo lugar.

Esta contratação de 'peso' para os conteúdos da SIC acontece quase um ano depois da apresentadora Cristina Ferreira ter arrancado com "O Programa da Cristina" - 07 de janeiro de 2019 - , depois de trocar a TVI pelo canal do grupo Impresa.

* Notícia atualizada às 13h08 do dia 3 de janeiro de 2020

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.