A TVI voltou a perder uma das suas estrelas: Ricardo Araújo Pereira trocou o canal de Queluz de Baixo pela SIC, anunciou a estação do grupo Impresa esta sexta-feira, dia 3 de janeiro.

O humorista vai estrear-se no canal no dia 10 de janeiro, juntamente com Pedro Mexia, João Miguel Tavares e Carlos Vaz Marques, transitando o programa "Governo Sombra", da TVI24, para a SIC.

Este sábado, o Correio da Manhã avançou que o humorista iria receber 50 mil euros por mês. A notícia foi desmentida por uma fonte da SIC, citada pelo site Dinheiro Vivo. "O jornal Correio da Manhã afirmou hoje que o salário de Ricardo Araújo Pereira, que apelida, em letras garrafais na sua primeira página, de 'milionário', é de 50 mil euros por mês. A SIC vem por este meio sublinhar publicamente aquilo que transmitiu ao CM quando contactou a estação: o valor é falso e fantasioso", assegura o canal.

A mesma fonte frisa ainda que a SIC, "como em qualquer assunto que diga respeito à esfera privada dos seus colaboradores, não revelou o valor dos honorários em causa".

Na sexta-feira, dia 3 de janeiro, o canal também desmentiu uma informação avançada pelo ECO. "Durante a tarde, o site Eco, numa newsletter assinada pelo seu publisher e jornalista António Costa, afirmou que o referido valor é superior a 2,5 milhões de euros, ao que acresciam ainda custos com o programa Governo Sombra (...) A SIC desmente categoricamente esse valor: é falso", garantiu o canal, segundo o site Dinheiro Vivo.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.