O Sporting pondera apresentar uma queixa contra à RTP na Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC), devido à forma como o canal transmitiu a final da Taça de Portugal em futebol feminino, entre o Sporting e o Braga. Nos 30 minutos de prolongamento, a estação pública dividiu a tela do ecrã para mostrar imagens do concerto de Manchester que contou com a participação de dezenas de estrelas da música mundial. O momento da entrega do troféu também não foi transmitido em direto.

Segundo o Record, os leões "sentem que a RTP quebrou o compromisso para com os seus telespectadores". O jornal avança ainda que os responsáveis do Sporting  vão manifestar a sua indignação ao provedor do telespectador, Jorge Wemans, antes de enviar a queixa para a ERC.

Contactado pelo Record, Daniel Deusdado, diretor de programas da RTP, frisou que foi a primeira vez que foi transmitida uma final de futebol feminino, explicando que, "por coincidência", estava outro evento importante a decorrer.

"Como a previsão inicial para a entrega da taça era de 15 minutos, avançámos com o ‘Telejornal’", explica Daniel Deusdado, relembrando que "seria sensível interrompê-los com os festejos da final".

"Não há coberturas perfeitas mas creio que a RTP engrandeceu a final do futebol feminino e o grande feito do Sporting ", frisou ao jornal.

A equipa do Sporting venceu as adversárias do Sporting Braga por 2-1 no jogo realizado no Estádio do Jamor.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.