Na sua crónica no jornal Correio da Manhã, Eduardo Cintra Torres acusou a SIC de lhe ter roubado a ideia para a série "Golpe de Sorte". No texto "Golpe de azar, golpe de sorte", publicado a 9 de junho, o crítico frisa que a ideia lhe foi solicitada em 2015 pela produtora SP Televisão.

Em comunicado, a  SIC, a SP Televisão e Coral Europa "repudiam qualquer associação à 'ideia”'que Cintra Torres diz ter fornecido à SP Televisão, e esclarece que a premissa de 'Golpe de Sorte' nasceu em novembro de 2018 no seio da Direção de Programas da SIC e é um formato original, estruturado e desenvolvido de raiz pela autora Vera Sacramento e produzido pela Coral Europa, uma empresa concorrente da SP Televisão".

"Um facto que Eduardo Cintra Torres, enquanto crítico que se dedica a análise de conteúdos televisivos, deveria saber. A autora trabalha há uma década na Coral Europa, não tem, nem nunca teve, nenhuma ligação à SP Televisão, lembra a SIC.

"A ideia de alguém que nasceu pobre se tornar rico, de um dia para o outro, é indubitavelmente sedutora para quem escreve ficção. A consulta de alguns clássicos da literatura ou uma breve pesquisa sobre outras obras de ficção que obedecem à mesma premissa, atestam isso mesmo", acrescenta o canal.

Para a SIC, "uma (falsa) acusação de plágio é grave, feita sem qualquer prova ou sustento é irresponsável, nos termos em que Cintra Torres a faz é delirante".

Leia o comunicado:

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.