Cerca de 70% dos portugueses são consumidores de notícias, sobretudo através da televisão, a que se seguem os jornais impressos e as redes sociais, revela o estudo da ERC Consumos de Media-2015.

Segundo o estudo divulgado esta quinta-feira, 4 de fevereiro, mais de 60% dos portugueses dizem que acedem à internet pelo menos uma vez por semana e mais de metade acede à internet para ler jornais e revistas.

As notícias referentes a Portugal são as mais procuradas (81%), seguindo-se os conteúdos de atualidade internacional (61%) e de saúde (31%). A política nacional fica pelos 10%.

De acordo com a ERC, os mais jovens procuram a informação principalmente nas redes sociais, estando a televisão em segundo lugar. Facebook e Twitter desempenham também uma função importante quando se trata de “breaking news”. São a escolha de 30% dos utilizadores para atualização de notícias recentes.

A edição de 2015 do inquérito Consumos de Media tem como tema principal de análise “As novas dinâmicas de consumo televisivo em Portugal”, um estudo coordenado por investigadores do Centro de Estudos de Comunicação e Cultura (CECC) da Faculdade de Ciências Humanas (FCH) da Universidade Católica Portuguesa (UCP) e especialistas da GfK.

Os resultados do inquérito e do estudos vão ser apresentados em breve e com mais detalhe.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.