Depois de o desfecho do terceiro episódio da sexta temporada de "The Walking Dead", "Thank You", ter despertado reações efusivas de fãs de todo o mundo nas redes sociais, o captítulo mais recente, emitido no passado domingo nos EUA e nesta segunda-feira em Portugal, mantém a dúvida sobre se uma das personagens centrais sobreviveu ou não a um ataque de mortos-vivos.

O episódio "He's Not Here" desvia a narrativa para outros protagonistas, mantendo o cliffhanger do final do anterior em suspenso, mas não deixa de dar pelo menos uma pista sobre o destino de Glenn. Pela primeira vez, o nome do ator que interpreta a personagem (presente na saga desde o piloto), Steven Yeun, foi retirado dos créditos iniciais, o que só veio dar mais azo a especulações dos fãs na internet.

Para já, o produtor executivo David Alpert não confirma nem desmente a morte de uma das figuras mais populares da série. "Vamos descobrir o que aconteceu ao Glenn... Acho que, independentemente do que lhe aconteceu, pagou um preço tremendo por se ter mostrado humano a Nicholas, e isso, para mim, de um ponto de vista emocional - quer Glenn esteja vivo ou morto ou outra coisa qualquer - diz que o Glenn que conhecíamos, que acreditava no melhor lado da humanidade, está morto", revelou em entrevista à Variety.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.