A plataforma, que procura alargar-se a todo o mundo para distribuir conteúdo audiovisual online para televisão, computadores, tablets e telemóveis, estará inicialmente disponível na Argentina, Brasil, Colômbia, Filipinas, México, Itália, Polónia e Espanha, em espanhol, italiano, inglês e polaco.

"É uma iniciativa laica, não é um meio institucional. Não se trata de uma plataforma do Vaticano ou da Igreja, mas sim da ideia de um empresário", enfatizou Paolo Ruffini, responsável pela comunicação do Vaticano, numa conferência de imprensa virtual.

Três temas, cultura, arte e fé, serão prioritários para o projeto, que tem como objetivo divulgar os valores cristãos em diferentes idiomas e com as tecnologias mais recentes.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.