Este será um regresso do filme de Paulo Rocha àquele festival, 36 anos depois de ter sido apresentado em estreia mundial na competição oficial. Em maio, o filme será apresentado numa cópia recentemente restaurada pela Cinemateca Portuguesa.

A 71.ª edição do Festival de Cannes decorrerá de 08 a 19 de maio e a secção "Cannes Classics" contará com 26 filmes recentemente restaurados e em cópias digitais, entre os quais "A faca e o rio" (1972), produção brasileira do cineasta holandês George Sluizer, "La religieuse" (1965), de Jacques Rivette, "O apartamento" (1960), de Billy Wilder, "Viagem a Tóquio" (1953), de Yasujiro Ozu, e "2001: Odisseia no espaço" (1968), de Stanley Kubrick.

O filme "A Ilha dos Amores", que reflete a admiração de Paulo Rocha pelo Japão - onde foi adido cultural - e pelo escritor Wenceslau de Moraes, será lançado em breve em DVD numa edição conjunta da Cinemateca Portuguesa e da Midas Filmes.

Paulo Rocha, considerado um dos nomes de relevo do Cinema Novo português, morreu em dezembro de 2012, aos 77 anos.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.