Após andar com um saco de papel na cabeça, sentar-se numa sala a deixar pessoas observá-lo e gravar vídeos motivacionais bizarros, Shia LaBeouf tem uma nova performance artística.

Desde o meio-dia de terça-feira, quando eram 17 horas em Portugal, que a estrela está na sala de cinema do Angelika Film Center, em Nova Iorque, para ver de seguida todos os filmes da sua carreira, em Blu-ray, do mais recente ao mais antigo.

Ou seja, de "Man Down", que passou no último Festival de Veneza e é um reencontro com Dito Montiel, o mesmo realizador de "A Guide to Recognizing Your Saints", que ajudou a a chamar a atenção de Hollywood para o seu talento em 2006, até ao esquecido telefilme "Breakfast with Einstein", de 1998.

Um total de 27 filmes, ou 28, se contarmos com as duas partes de "Ninfomaníaca" de Lars Von Trier.

Quem quiser pode aparecer no cinema para fazer companhia ao ator de 29 anos, tanto mais que a entrada é livre. Ou ver a transmissão que está a ser feita em direto para todo o mundo por streaming...

A proposta pode ser irrecusável por exemplo para ver as reacções a filmes que ele próprio disse que não eram bons, como "Transformers 3" ou "Indiana Jones e o Reino da Caveira de Cristal"...

A performance de quase 60 horas, apenas com alguns intervalos entre as sessões, terminará às 21h37 de quinta-feira, quando forem 02h37 da manhã de sexta em Portugal, e pode ser acompanhada, dependendo do tráfego, através do site http://newhive.com/allmymovies.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.