Está nas salas de cinema «Invencível», onde Angelina Jolie passa para trás das câmaras para contar a história épica de Louis Zamperini, um atleta olímpico americano que foi prisioneiro de guerra dos japoneses.

Angelina Jolie tem afirmado que deseja que o seu trabalho seja um antídoto para o ódio e a violência no mundo: «Queria contribuir com algo que nos recordasse a força do espírito humano e a irmandade e a fé, assim como todas as coisas que, no fim, nos permitirão atravessar os tempos difíceis».

Filha de oscarizado Jon Voight e Marcheline Bertrand, e ela própria vencedora de um prémio da Academia, Angelina Jolie sempre esteve sob os holofotes mediáticos e já tem uma longa carreira.

Prestes a fazer 40 anos, «Invencível» constitui o seu maior desafio e, juntamente com a estreia em «Na Terra de Sangue e Mel» em 2011, não esconde a ambição de fazer uma gradual transição para uma carreira atrás das câmaras.

O SAPO Cinema recorda as várias etapas que atravessou até chegar à maturidade artística que demonstra em «Invencível».

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.