«Catarina» terá produção de Pandora da Cunha Telles, será rodado no Alentejo e, para já,
Anna de Palma, que assina também o argumento, prepara-se para escolher a actriz que encarnará a figura da ceifeira, assassinada em 1954 aos 26 anos no Baleizão.

A admiração por Catarina Eufémia e a ligação sentimental ao Alentejo foram motivos para Anna da Palma querer regressar a Portugal para filmar, quatro anos depois de se ter estreado com a longa-metragem
«Sem Ela».

Anna da Palma nasceu em Lisboa, mas vive em França desde a adolescência, quando os seus pais, alentejanos de nascença, emigraram para aquele país.

Cursou História de Arte e integrou um grupo de teatro até se decidir pelo cinema.

«Sem Ela», com actores portugueses e franceses, foi a sua primeira longa-metragem, à qual se seguiram os filmes
«Telma demain» (2005) e
«Lisbon Calling» (2008), feitos a convite do canal televisivo ARTE.

Escreveu ainda argumentos para Hubert Gillet.

Na próxima sexta-feira, dia 23 de Janeiro, Anna da Palma estreará a curta-metragem «Lisbon Calling», exibida no Verão passado no Centre Pompidou, num projecto colectivo de dez realizadores subordinado ao tema
«Mes 20 ans».

O filme, rodado em França com um telemóvel, é autobiográfico e aborda uma época da sua adolescência, no começo dos anos 1980, quando era fã de punk-rock e «descobriu» os Xutos & Pontapés.

SAPO/LUSA

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.