O segredo da boa disposição e do charme de Hugh Jackman está, afinal, no café.

Um novo anúncio à sua marca de café que revela o "lado negro" do ator ao acordar, muito longe da sua imagem de simpatia, está a ser um sucesso, com mais de 4,5 milhões de visualizações.

A ajudar está a narração irónica de Ryan Reynolds, no mais recente capítulo das provocações que os dois trocam há vários anos.

"Este é Hugh Jackman. Famoso humanitário, embaixador da boa vontade, eterno otimista e fundador da Laughing Man Coffee", narra a estrela de "Deadpool" enquanto se vê Hugh Jackman mal humorado, a desprezar o seu cão e a gritar com crianças a brincar na rua.

Tudo muda para melhor quando toma o seu café Laughing Man, que o transforma "no Hugh Jackman que conhecemos a adoramos".

Ao partilhar o anúncio nas redes sociais, Ryan Reynolds não perdeu a oportunidade de "perguntar" a Hugh Jackman se dormia sem tirar a "peruca".

Os dois atores são grandes amigos que trocam provocações redes sociais com "insultos", muitas vezes anda à volta de Deadpool e Wolverine, as suas identidades como super-heróis.

A "rivalidade" começou com uma participação de Ryan Reynolds no programa de Ellen DeGeneres, quando esta perguntou se Wolverine ia aparecer no primeiro "Deadpool".

A partir daí escalou até se tornar uma obsessão, com as várias tentativas para convencer Hugh Jackman a colocar outra vez as garras para fazerem outro filme que corrija a má imagem que deixaram das suas personagens em "X-Men Origens: Wolverine" (2009).

A recusa fez disparar as provocações para outras áreas.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.