Com cinco nomeações cada, a corrida aos Independent Spirit Awards é liderada por "May December: Segredos de um Escândalo", de Todd Haynes, “American Fiction”, de Cord Jefferson, e “Vidas Passadas”, de Celine Song.

A categoria de Melhor Filme inclui estes títulos e ainda “Passages”, de Ira Sachs, "All of Us Strangers", de Andrew Haigh (vencedor de sete prémios nos British Independent Film Awards), e “We Grown Now", de Minhal Baig.

Da lista principal, apenas "May December" está em exibição nos cinemas portugueses: o outro título com estreia anunciada é "Vidas Passadas", para 8 de fevereiro.

Conhecidas na terça-feira, as nomeações para a 39ª edição dos prémios para os filmes americanos do circuito independente marcam o início da corrida a sério para a temporada que culminará nos Óscares, onde devem participar os títulos mais nomeados e ainda "Os Excluídos", de Alexander Payne, que recolheu quatro nomeações, mas que falhou de forma bizarra as categorias de Melhor Filme e Realização (também chega a 8 de fevereiro a Portugal).

Nos últimos anos, os "Spirit" têm sido confundidos com uma "antecâmara dos Óscares", já que as escolhas para Melhor Filme coincidiram em sete dos últimos doze anos, incluindo com o recente “Tudo em Todo o Lado ao Mesmo Tempo”.

Para se qualificarem, os filmes têm de cumprir vários critérios, incluindo não custarem mais de 30 milhões de dólares e terem um "significativo conteúdo americano" ou cidadãos americanos ou residentes permanentes em duas das três posições criativas de realizador, produtor e argumentista.

Estes critérios deixam de fora filmes que a seguir surgem em destaque nos Óscares: "Assassinos da Lua das Flores", de Martin Scorsese, e "Maestro", de Bradley Cooper, são os casos de exclusão mais mediáticos das nomeações deste ano.

As categorias de interpretação dos "Spirit" não fazem distinção de género: Melhor Ator/Atriz Principal e Melhor Ator/Atriz Secundário, que tinham cinco nomeações, passaram a ser combinadas em duas com dez nomeações cada, intituladas Interpretação Principal e Interpretação Secundária. Surgiu ainda uma nova categoria de interpretação, a de Revelação, com cinco nomeações.

Entre as nomeações, destacam-se as presenças de nomes mediáticos como Jessica Chastain (“Memory”), Natalie Portman (“May December”), Jeffrey Wright (“American Fiction”), Anne Hathaway (“Eileen”) e Andrew Scott (“All of Us Strangers”).

Destaque ainda para a categoria de Melhor Filme Internacional, em que "Terra de Deus", de Hlynur Pálmason, "Mami Wata", de C.J. "Fiery" Obasi, e "Totem", de Lila Avilés, se juntam aos esperados “Anatomia de Uma Queda”, de Justine Triet, e "A Zona de Interesse", de Jonathan Glazer, ambos protagonizados por Sandra Hüller.

Nas categorias para as produções televisivas, que fazem parte dos Independent Spirit Awards desde 2020, a liderança pertence às séries “The Last of Us” e “I’m a Virgo”, com quatro nomeações.

Nas interpretações, a cantora Billie Eilish surge na corrida entre os secundários por "Swarm".

LISTA DE NOMEAÇÕES (CINEMA)

"Vidas Passadas"

FILME: "May December: Segredos de um Escândalo", de Todd Haynes; “American Fiction”, de Cord Jefferson; “Vidas Passadas”, de Celine Song; “Passages”, de Ira Sachs; "All of Us Strangers", de Andrew Haigh; “We Grown Now", de Minhal Baig.

PRIMEIRO FILME: "All Dirt Roads Taste of Salt", de Raven Jackson; "Chronicles of a Wandering Saint", de Tomás Gómez Bustillo; "Earth Mama", de Savanah Leaf; "A Thousand and One", de A.V. Rockwell; "Upon Entry", de Alejandro Rojas, Juan Sebastián Vásquez.

REALIZAÇÃO: Andrew Haigh ("All of Us Strangers"); Todd Haynes ("May December"); William Oldroyd ("Eileen"); Ira Sachs ("Passages"); Celine Song ("Vidas Passadas").

INTERPRETAÇÃO PRINCIPAL: Jessica Chastain ("Memory"); Greta Lee ("Vidas Passadas"); Trace Lysette ("Monica"); Natalie Portman ("May December"); Judy Reyes ("Birth/Rebirth"); Franz Rogowski ("Passages"); Andrew Scott ("All of Us Strangers"); Teyana Taylor ("A Thousand and One"); Jeffrey Wright ("American Fiction"); Teo Yoo ("Vidas Passadas").

INTERPRETAÇÃO SECUNDÁRIA: Erika Alexander ("American Fiction"); Sterling K. Brown ("American Fiction"); Noah Galvin ("Theater Camp"); Anne Hathaway ("Eileen"); Glenn Howerton ("BlackBerry"); Marin Ireland ("Eileen"); Charles Melton ("May December"); Da’Vine Joy Randolph ("Os Excluídos"); Catalina Saavedra ("Rotting in the Sun"); Ben Whishaw ("Passages").

INTERPRETAÇÃO REVELAÇÃO: Marshawn Lynch ("Bottoms"); Atibon Nazaire ("Mountains"); Tia Nomore ("Earth Mama"); Dominic Sessa ("Os Excluídos"); Anaita Wali Zada ("Fremont").

ARGUMENTO: "Os Excluídos"; "American Fiction"; "Birth/Rebirth"; "Bottoms"; "Vidas Passadas".

PRIMEIRO ARGUMENTO: "May December"; "Theater Camp"; "Chronicles of a Wandering Saint"; "The Starling Girl"; "Upon Entry".

MONTAGEM: "Rotting in the Sun"; "We Grown Now"; "How to Blow Up a Pipeline"; "Theater Camp"; "Upon Entry".

FOTOGRAFIA: "Monica"; "Os Excluídos"; "All Dirt Roads Taste of Salt"; "Chronicles of a Wandering Saint"; "We Grown Now".

FILME INTERNACIONAL: "Terra de Deus", de Hlynur Pálmason (Islândia; "Mami Wata", de C.J. "Fiery" Obasi (Nigéria); "Totem", de Lila Avilés (México); “Anatomia de Uma Queda”, de Justine Triet (França); "A Zona de Interesse", de Jonathan Glazer (Grã-Bretanha).

DOCUMENTÁRIO: "Bye Bye Tiberias", de Lina Soualem; "Quatro Filhas", de Kaouther Ben Hania; "Going to Mars: The Nikki Giovanni Project", de Joe Brewster, Michèle Stephenson; "Kokomo City", de D. Smith; "The Mother of All Lies", de Asmae El Moudir.

PRÉMIO ROBERT ALTMAN (para o realizador, diretor de casting e elenco): "Showing Up", para a realizadora Kelly Reichardt, a diretora de casting Gayle Keller e para o elenco formado por André Benjamin, Hong Chau, Judd Hirsch, Heather Lawless, James Le Gros, John Magaro, Matt Malloy, Amanda Plummer, Maryann Plunkett, Denzel Rodriguez e Michelle Williams.

PRÉMIO JOHN CASSAVETES (para filme feito por menos de um milhão de dólares): "The Artifice Girl", de Franklin Ritch; "Cadejo Blanco", de Justin Lerner; "Fremont", de Babak Jalali; "Rotting in the Sun"; de Sebastián Silva; "The Unknown Country", de Morrisa Maltz".

PRÉMIO PRODUTORES (premeia os que revelam criatividade, tenacidade e visão para produzir filmes independentes de qualidade, apesar dos recursos muito limitados): Rachael Fung, Graham Swon e Monique Walton.

PRÉMIO ALGUÉM PARA ACOMPANHAR (cineasta com uma visão única ainda sem ter recebido reconhecimento apropriado): Joanna Arnow por "The Feeling That the Time for Doing Something Has Passed"; Laura Moss por "Birth/Rebirth"; e Monica Sorelle por "Mountains".

PRÉMIO MAIS REAL DO QUE A FICÇÃO (realizador em ascensão de filmes de não-ficção ainda sem ter recebido reconhecimento apropriado): Set Hernandez por "Unseen"; Jesse Short Bull, Laura Tomaselli, por "Lakota Nation vs. United States"; e Sierra Urich por "Joonam".

LISTA DE NOMEAÇÕES (TV)

"Rixa"

NOVA SÉRIE SEM ARGUMENTO OU DOCUMENTÁRIO: "Deadlocked: How America Shaped the Supreme Court"; "Dear Mama"; "Murder in Big Horn"; "Stolen Youth: Inside the Cult at Sarah Lawrence"; "Wrestlers".

NOVA SÉRIE COM ARGUMENTO: "Rixa"; "Dreaming Whilst Black"; "I’m a Virgo"; "Jury Duty"; "Slip".

INTERPRETAÇÃO PRINCIPAL EM NOVA SÉRIE COM ARGUMENTO: Emma Corrin ("A Murder at the End of the World"); Dominique Fishback ("Swarm"); Betty Gilpin ("Mrs. Davis"); Jharrel Jerome ("I’m a Virgo"); Zoe Lister-Jones ("Slip"); Bel Powley ("A Small Light"); Bella Ramsey ("The Last of Us"), Ramón Rodríguez ("Will Trent"), Ali Wong ("Rixa"), Steven Yeun ("Rixa").

INTERPRETAÇÃO SECUNDÁRIA EM NOVA SÉRIE COM ARGUMENTO: Murray Bartlett ("The Last of Us"), Billie Eilish ("Swarm"); Jack Farthing ("Rain Dogs"); Nick Offerman ("The Last of Us"); Adina Porter ("The Changeling"); Lewis Pullman ("Lessons in Chemistry"); Benny Safdie ("The Curse"); Luke Tennie ("Shrinking"); Olivia Washington ("I’m a Virgo"); Jessica Williams ("Shrinking").

INTERPRETAÇÃO REVELAÇÃO: Clark Backo ("The Changeling"); Aria Mia Loberti ("All the Light We Cannot See"); Adjani Salmon ("Dreaming Whilst Black"); Keivonn Montreal Woodard ("The Last of Us"); Kara Young ("I’m a Virgo").

ELENCO EM NOVA SÉRIE COM ARGUMENTO: "Jury Duty", com lan Barinholtz, Susan Berger, Cassandra Blair, David Brown, Kirk Fox, Ross Kimball, Pramode Kumar, Trisha LaFache, Mekki Leeper, James Marsden, Edy Modica, Kerry O’Neill, Rashida Olayiwola, Whitney Rice, Maria Russell, Ishmel Sahid, Ben Seaward, Ron Song, Evan Williams.

Tudo o que se passa à frente e atrás das câmaras!

Receba o melhor do SAPO Mag, semanalmente, no seu email.

Os temas quentes do cinema, da TV e da música!

Ative as notificações do SAPO Mag.

O que está a dar na TV, no cinema e na música!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOmag nas suas publicações.