“Michael G. Wilson, Barbara Broccoli e Daniel Craig anunciaram hoje que, devido a diferenças criativas, Danny Boyle decidiu que já não irá realizar Bond 25”. Foi com este sumário comunicado no Twitter que a produção do 25º filme da saga oficial de 007 anunciou que Danny Boyle acaba de deixar vago o posto de realizador, por diferenças criativas.

Em março, após alguma especulação, Boyle confirmou que seria ele o realizador do novo filme de 007, sucedendo-se assim a Sam Mendes naquele que deverá ser o último filme com Daniel Craig no papel do agente secreto com ordem para matar. Não se sabe ainda o que terá motivado a saída de cena do realizador oscarizado por “Quem Quer Ser Bilionário?” nem se o início da produção do filme se manterá na data prevista de 3 de dezembro.

A estreia do novo filme estava agendada para 26 de outubro de 2019 no Reino Unido e 8 de novembro nos EUA.

Craig já tinha assumido que esta seria a última vez que interpreta James Bond, embora o ator tenha já antes feito algumas afirmações definitivas em relação ao papel que depois acabaria por rectificar: no final da rodagem de “Spectre”, por exemplo, afirmou que “preferia cortar os pulsos” a regressar à personagem e depois acabou por confirmar a sua participação neste “Bond 25”, ainda sem título final. Ainda assim, a possibilidade de o papel estar aberto a novas interpretações tem levado às mais diversas especulações sobre quem será o próximo 007, com nomes como Tom Hiddleston, Tom Hardy ou Idris Elba como os mais falados.

Fica também por confirmar se o argumento de John Hodge será mantido e se, com a saída de Boyle, o próprio Daniel Craig se manterá ligado ao projeto, embora o facto de o seu nome surgir no comunicado ao lado do dos produtores Michael G. Wilson e Barbara Broccoli pareça indicar que sim.

Danny Boyle foi o responsável pela cerimónia de abertura dos Jogos Olímpicos de Londres, em 2012, e como tal já tinha realizado um segmento em que Daniel Craig interpretava 007 e contracenava com a própria Rainha Isabel.

O cineasta britânico tem agendado para estrear em setembro de 2019 uma comédia musical a partir de um argumento de Richard Curtis.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.