O filme "Longa noite", do autor galego Eloy Enciso, abrirá a 17 de outubro o Festival Internacional de Cinema DocLisboa, e "Technoboss", de João Nicolau, foi escolhido para o encerramento, foi hoje anunciado.

"Longa noite", que esteve em competição em Locarno, recua ao tempo do franquismo, em Espanha, e é apresentado como "uma reflexão essencial sobre a sociedade espanhola pós-Guerra Civil", refere o festival.

Este será um regresso do cinema de Eloy Enciso ao DocLisboa, depois de ter tido o filme "Arraianos" na competição internacional de 2012 e de ter feito parte de júris, em 2015 e em 2017.

O 17.º DocLisboa, que termina a 27 de outubro, encerrará com o filme português "Technoboss" (foto), de João Nicolau, em antestreia antes da exibição em sala a 7 de novembro.

"Technoboss", que também passou pelo festival de Locarno, é uma cruzamento entre um 'road movie' e um musical, protagonizado pelo antigo programador cultural Miguel Lobo Antunes, no papel de Luís Rovisco, um "sexagenário divorciado, que, perto da reforma", se reencontra com uma antiga paixão, Lucinda, interpretada por Luísa Cruz.

Da restante programação, o DocLisboa já tinha anunciado, por exemplo, uma retrospetiva do cinema da libanesa Jocelyne Saab e outra dedicada à Alemanha de Leste, assim como a estreia de "Nomad: In The Footsteps of Bruce Chatwin" e "Family Romance, LLC", ambos de Werner Herzog, e "Blow ir to bits", de Lech Kowalski, cineasta que já tinha sido alvo de uma retrospetiva em 2007.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.