Apesar de já ter uma carreira de algum sucesso em França, foi o sucesso mundial esmagador de «Amigos Improváveis» que catapultou o nome e o rosto de Omar Sy para a popularidade global. O filme tornou-se o segundo maior êxito de sempre em França (atrás de «Bem-vindo ao Norte») e o segundo filme francês que mais faturou além-fronteiras (só ultrapassado por «O Fabuloso Destino de Amèlie»). Além disso, num ano dominado por «O Artista» em termos de prémios, Omar Sy conseguiu arrebatar o troféu de Melhor Ator a Jean Dujardin nos César.

Após o sucesso, Sy continuou com papéis de destaque em algumas fitas francesas, como «Incompatíveis e não Só...» e «Mood Indigo», a nova película de Michel Gondry. Agora, a sua carreira prepara-se para dar um enorme salto em termos de visibilidade internacional com a notícia, divulgada pelo realizador Bryan Singer através do Twitter, de que o ator vai participar em «X-Men: Days of Future Past», num papel ainda não divulgado.

«X-Men: Days Of Future Past» é diretamente inspirado em duas histórias de BD, cuja ação decorria entre um futuro devastado, em que os mutantes e os super-heróis tinham sido quase todos eliminados, e o presente, onde os heróis tentavam evitar um evento que provocaria esse amanhã muito negro. No filme, a ação vai decorrer entre os anos 70, com os atores de «X-Men: O Início» (e a participação do presidente norte-americano Richard Nixon), e um futuro próximo, com os intérpretes da primeira trilogia.

Omar Sy juntar-se-á assim a nomes como Peter Dinklage, também numa personagem ainda não revelada, e às estrelas de «X-Men: O Início» como James McAvoy, Michael Fassbender, Jennifer Lawrence e Nicholas Hoult, bem como aos atores da trilogia original como Ian McKellen, Patrick Stewart, Hugh Jackman, Anna Paquin, Shawn Ashmore e Ellen Page.

«X-Men: Days Of Future Past» tem estreia prevista para 18 de julho de 2014.