São irlandeses, sérvios, brasileiros, tunisinos, chineses ou senegaleses e acabam de chegar a França...

Durante um ano, a realizadora Julie Bertucelli filmou os intercâmbios, os conflitos e as alegrias deste grupo de alunos com idades entre os 11 e 15 anos, todos reunidos numa mesma sala de aula para aprender francês.

Neste pequeno teatro do mundo exprime-se a inocência, a energia e as contradições destes adolescentes que, animados pela mesma vontade de mudar de vida, põem em causa muitas das ideias «feitas» sobre a juventude e a integração, fazendo-nos acreditar no futuro...


Filha de Jean-Louis Bertuccelli, Julie Bertuccelli começa a sua carreira como assistente de realização antes de assinar vários documentários e longas-metragens. Em 2003, com «Depuis qu’Otar est parti», traça o retrato de três gerações oriundas da Geórgia para dele fazer uma fotografia da vida no Cáucaso de hoje, e o filme foi premiado com o César do melhor primeiro filme.

«La Cour de Babel» é exibido hoje, 2 de outubro, às 21h00, no Cinema São Jorge, em Lisboa. Repete quarta-feira, dia 8, às 21h30 no Institut Français du Portugal, e domingo, dia 12, às 17h00, no Cinema São Jorge.

Programação.