A 7ª edição do Festival Olhares do Mediterrâneo - Women's Film Festival começa hoje (25) no Cinema São Jorge, em Lisboa.

O evento promove a exibição de filmes feitos por realizadoras oriundas da bacia do Mediterrâneo ou que trabalhem em países mediterrânicos, com o objetivo de divulgar o papel da mulher na criação cinematográfica.

Numa versão abreviada do festival por causa da pandemia, serão apresentados em sala até domingo, 29 de Novembro (*), nove longas e quatro curtas-metragens de cineasta oriundas da bacia do Mediterrâneo, quase todas em estreia nacional.

Devido às restrições à circulação do fim-de-semana, o Festival terá projeções matinais ao fim de semana. A sessão de encerramento será no domingo às 11h00.

Esta é uma amostra representativa dos 55 filmes (longas e curtas-metragens) produzidos em 25 países que integram o programa oficial do Festival e estarão disponíveis na plataforma online Filmin Portugal de 26 de Novembro a 10 de Dezembro.

Na abertura e encerramento estão filmes galardoados com importantes prémios europeus.

Esta quarta-feira a sessão de abertura será com “Deus Existe, O Seu Nome é Petrunya”, da macedónia Teona Strugar Mitevska, ficção vencedora do Prémio Lux de Cinema do Parlamento Europeu.

O filme de encerramento, a 29 de Novembro, é o espanhol “A Thief’s Daughter”, de Belén Funes, vencedor dos Prémios Goya e Gaudí como Melhor Nova Realizadora. Greta Fernández também arrecadou vários prémios como Melhor Actriz, nomeadamente nos festivais internacionais de San Sebastián e Thessaloniki.

(*) A notícia foi corrigida a 26 de novembro para refletir a alteração da sessão de encerramento de dia 30 para 29.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.