Com o fim à vista de "Velocidade Furiosa" — o décimo e último filme está marcado para 2 de abril de 2012 —, Vin Diesel já tem em vista outra grande saga.

Uma vez que a Marvel não está muito recetiva à sua ideia de fazer um filme centrado em Groot, a adorável personagem de "Guardiões da Galáxia" com aspeto de árvore, o ator de 50 anos prepara-se para ser super-herói noutro estúdio de Hollywood.

O The Wrap avançou em exclusivo que está em negociações muito avançadas para ser o violento Bloodshot numa grande saga da Sony baseada nos comic books.

O projeto, previsto para 2019, faz parte de cinco filmes de um universo construído à volta tanto de "Bloodshot", da autoria de Kevin Van Hook, Don Perlin e Bob Layton, como de "Harbinger", de Jim Shooter e David Lapham, ambos editados até hoje pela Valiant Comics, conhecida pelas publicações mais violentas e sombrias que o habitual no género.

O ator interpretará Ray Garrison, um soldado mortalmente ferido a quem é injetado um soro experimental feito com tecnologia robótica que aumenta as suas capacidades de combate e a recuperação dos ferimentos. Posteriormente, recebe a missão de reunir renegados com super poderes chamados "harbingers".

"Bloodshot" terá classificação "R", a mesma que contribuiu para o sucesso de "Deadpool" e "Logan", que tinham histórias mais explícitas destinadas a um público mais adulto.