Hollywood parece estar entusiasmada com a vida de Zelda Fitzgerald: vai fazer dois filmes sobre a escritora, que também foi esposa do autor de "O Grande Gatsby", F. Scott Fitzgerald, colocando em competição Jennifer Lawrence e Scarlett Johansson.

A estrela de "Os Jogos da Fome" vai liderar "Zelda", que será realizado por Ron Howard, que ganhou Óscares com "Uma Mente Brilhante" e inspira-se livremente num best-seller biográfico escrito por Nancy Milford.

Já o projeto com Scarlett Johansson chama-se "The Beautiful and the Damned" e é uma adaptação de uma obra de F. Scott Fitzgerald que era uma abordagem velada do seu casamento com Zelda.

A produção conta com a aprovação dos seus descendentes, que deram acesso aos papéis privados e inéditos da escritora que indicam por exemplo que o marido se terá apropriado de algumas das suas ideias, mas está mais atrasado, uma vez que não tem nenhum realizador contratado.

Curiosamente, também foi com um escritor que surgiram dois filmes de grande visibilidade produzidos praticamente ao mesmo tempo: em "Capote" (2005), Philip Seymour Hoffman ganhou o Óscar pela interpretação de Truman Capote, cujo impacto acabou por ofuscar alguns meses mais tarde "Infame" (2006), com Toby Jones.

Muito mais do que a musa literária,  Zelda Fitzgerald foi também uma mulher muito à frente do seu tempo e escritora de mérito que teve com o marido uma relação de amor e competição, sendo tão conhecida como ele a nível social nos anos 1920, partilhando a intensa e sofisticada vida boémia daquele tempo.

Tudo mudou quando começou a desenvolver sintomas que mais tarde foram diagnosticados como esquizofrenia e foi internada. Durante muitos anos entrou e saiu de sanatórios, acabando por morrer numa delas em 1948 por causa de um incêndio.

No cinema, Zelda surgiu recentemente em "Um Editor de Génios", em exibição nas salas portuguesas, representada por Vanessa Kirby, como personagem secundária, tal como acontecem em "Meia-Noite em Paris" (2012), de Woody Allen, a cargo de Alison Pill. Na série da Amazon "Z: The Beginning of Everything", a estrear em breve, é interpretada por Christina Ricci.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.