Pode não ter o mediatismo de "Star Wars: A Ascensão Skywalker" ou "Jumanji 2", mas "Knives Out - Todos São Suspeitos" é um grandes sucessos do último trimestre de 2019.

Com inspiração reconhecida nos mistérios de Agatha Christie, o filme sobre um detetive que investiga a morte do patriarca de uma família combativa e excêntrica custou apenas 40 milhões de dólares e já ultrapassou os 250 milhões de receitas em todo o mundo.

O valor é muito significativo para um título original num mercado dominado por sagas e não surpreende que já existam planos para "Knives Out" também se tornar... uma saga.

Numa das festas  antes dos Globos de Ouro, o realizador Rian Johnson confirmou que está a caminho uma sequela e a ideia é avançar já em 2021.

Ainda não há confirmação oficial por parte do estúdio, mas nas declarações ao The Hollywood Reporter, o cineasta revelou que o detetive texano Benoit Blanc irá investigar um novo caso, seguindo o modelo da sua inspiração literária, o detetive belga Poirot.

Determinante no processo é a vontade de Daniel Craig em regressar ao papel: vale a pena recordar que, aproveitando um atraso na rodagem de "007: Sem Tempo Para Morrer", ele comprometeu-se com "Knives Out" em setembro de 2018 e a antestreia mundial aconteceu um ano mais tarde, no Festival de Toronto.

"O Daniel divertiu-se tanto a fazê-lo e quer avançar com mais", sinalizou Rian Johnson.

VEJA O TRAILER.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.