Liam Neeson autoexclui-se do género de filmes mais popular de Hollywood: o dos super-heróis.

O ator entrou em "Batman - O Início" (2005), um dos melhores do género (e uma pequena participação em "O Cavaleiro das Trevas Renasce", em 2012), mas apesar de ser uma das grandes estrelas do cinema de ação, admite que este tipo de filmes é "cansativo".

"Não sou um grande fã do género", explicou ao Entertainment Tonight.

"Acho que é Hollywood com todos os extras, as proezas técnicas e essas coisas – que eu admiro – mas não tenho vontade de ir para o ginásio três horas todos os dias para ganhar músculo e enfiar-me num fato de velcro com uma capa", acrescentou.

"Admiro os atores e conheço alguns dos que fazem isso – e fazem-no de forma fantástica. Só que não é o meu género, realmente não é", reforçou.

Apesar de não ser de super-heróis, existem semelhanças do género com "Star Wars" e Neeson diz que realmente gostou da experiência de "Star Wars: Episódio I - A Ameaça Fantasma" (1999) pelo desafio como ator, mas admite: "esse foi o último. É bastante cansativo".

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.