Após uma longa campanha de pressão dos fãs, a Warner Bros. e a HBO Max avançaram com o financiamento para o realizador Zack Snyder completar a sua versão de Liga da Justiça", lançada finalmente a 18 de março.

As quatro horas são vistas por estes fãs como um "ajuste de contas" após a desilusão com a problemática produção e o filme concluído pelo realizador Joss Whedon, que chegou aos cinemas no outono de 2017.

"Liga da Justiça de Zack Snyder": ajuste de contas com filme de Joss Whedon tem mais espetáculo... e excessos
"Liga da Justiça de Zack Snyder": ajuste de contas com filme de Joss Whedon tem mais espetáculo... e excessos
Ver artigo

Mas apesar do impacto mediático e das reações geralmente positivas à versão de Zack Snyder, o estúdio Warner Bros deitou um balde de água fria sobre um possível "Liga da Justiça 2" ou "restaurar" o universo cinematográfico criado pelo realizador com "Homem de Aço" (2013) e "Batman v Super-Homem: O Despertar da Justiça" (2016) a partir das criações da DC Comics.

"Apreciamos que [os fãs] adorem o trabalho do Zack e estamos muito gratos pelas suas muitas contribuição à DC. Estamos muito contentes por ele ter conseguido trazer à vida a sua versão de 'Liga da Justiça' porque isso não estava nos planos até há cerca de um ano atrás. Com isso completa-se a sua trilogia", explicou a CEO Ann Sarnoff em entrevista à publicação Variety.

A líder do estúdio também confirmou que não há planos para resgatar uma versão original de "Esquadrão Suicida", feita pelo realizador David Ayer com muito mais de Jared Leto como o Joker, como se começou a exigir após ser conhecida a decisão da HBO para "Liga da Justiça".

O interessado reagiu nas redes sociais com uma pergunta em tom de desilusão: "Porquê?"

Tudo o que se passa à frente e atrás das câmaras!

Receba o melhor do SAPO Mag, semanalmente, no seu email.

Os temas quentes do cinema, da TV e da música!

Ative as notificações do SAPO Mag.

O que está a dar na TV, no cinema e na música!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOmag nas suas publicações.