Antes de Gal Gadot houve Lynda Carter e agora parece que as duas podem finalmente encontrar-se no grande ecrã em breve.

A Mulher-Maravilha da série dos anos 70 (1975-1979) está mesmo em conversações para entrar na sequela do filme da "sua" personagem que foi um sucesso tão grande no ano passado.

Durante uma entrevista no programa Today, da estação NBC, a atriz confirmou que tem falado com a realizadora Patty Jenkins sobre a sua eventual participação. Essa hipótese tinha sido falada no passado, mas mais como um "desejo" e não uma possibilidade a sério. Agora, parece que a última palavra pertence ao estúdio.

"Ela deu-me algumas pistas sobre isso e suponho que é com a Warner Bros. se querem gastar o dinheiro... realmente é com a Patty e se funcionar de uma forma orgânica, será muito divertido e maravilhoso de fazer", afirmou.

Confirmados no elenco estão, para além de Gal Gadot, os atores Pedro Pascal e  Kristen Wiig (será a vilã Cheetah).

No novo projeto, a história se vai passar na década de 80 do século XX, os da fase final da Guerra Fria.

A estreia nos cinemas está marcada para 1 de novembro de 2019.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.