"Mulher Maravilha" ultrapassou a barreira mágica dos 100 milhões de dólares nas bilheteiras na sua estreia nos EUA.

Batendo as expectativas mais optimistas, chegou aos 100.5 milhões e tornou-se o filme com a melhor abertura de sempre feito por uma realizadora (Patty Jenkins), ultrapassando o recorde dos 85,1 milhões conseguido por Sam Taylor-Johnson em fevereiro de 2015 com "As Cinquenta Sombras de Grey".

No que se refere a adaptações de banda desenhada com heroínas, também é de longe a melhor estreia de sempre, pois o líder era "Ghost in the Shell: Agente do Futuro", que fez apenas 18,6 milhões em março deste ano. É mesmo a 16ª melhor estreia num género em que dominam "Homem de Ferro", "Thor" e outro "Vingadores" e se não incluirmos sequelas, sobe para a sexta posição.

O filme com Gal Gadot também já chegou aos 122,5 milhões noutros países, incluindo Portugal, mas o grande destaque são os 38 que conseguiu na China.

A grande distância, o segundo lugar nas bilheteiras foi para "Capitão Cuecas - O Filme", com 23,5 milhões.

O valor é baixo para uma animação - no ranking do estúdio DreamWorks, fica em 26º em 35 filmes -, mas como só custou 38 milhões, é provável que se torne um sucesso nas próximas semanas e possa surgir uma sequela.

Vale a pena destacar que conseguiu mais 740 mil dólares na estreia em mais oito países e quase 300 foram de Portugal.

Ridicularizado durante meses por causa do título, a história acompanha um grupo de amigos da escola que passa os dias a criar bandas desenhadas e acabam por hipnotizar acidentalmente o diretor da escola, convencendo-o que ele é um super-herói completamente tolo cujo traje consiste em roupa interior e uma capa.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.