Um vem da banda desenhada outro é uma sequela de um êxito recente, porém ambos se perfilam para estar entre os filmes animados mais vistos do ano.
«Os Smurfs», que estreia em Portugal a 11 de Agosto, adapta a célebre BD de Peyo por cá até agora conhecida como «Estrumpfes» em cruzamento de animação informática e de imagem real, e
«Happy Feet 2», que chega ao nosso país a 8 e Dezembro, é a sequela do oscarizado
«Happy Feet», uma vez mais realizado por
George Miller.

A história de
«Os Smurfs» traz os seres azuis para a actualidade norta-ermicana: na Idade Média, o pérfido feiticeiro Gargamel (
Hank Azaria) e o seu gato Azrael descobrem a aldeia dos diminutos seres azuis conhecidos como Smurfs e perseguem-nos até à floresta. Um deles entra numa caverna proibida e alguns dos outros Smurfs seguem-nos, contra os avisos do mais velho e sábio de todos. Como a lua está azul, surge um portal mágico na caverna que os transporta até Nova Iorque na actualidade, seguidos por Gargamel. Os Smurfs acabam por refugiar-se com um casal (
Neil Patrick Harris e Jayma Mays) e tentam encontrar uma forma de regressar à sua aldeia antes de Gargamel os encontrar.

Raja Gosnell, realizador de filmes como
«Chihuahua de Beverly Hills»,
«Todos ao Monte» e
«O Agente Disfarçado») é o responsável por esta adaptação ao cinema da incontornável série de BD «Os Estrumpfes», que cruzará animação com imagem real e que adoptará agora em Portugal o nome pela qual é conhecida nos EUA, os Smurfs. Gosnell já tem experiência nesse campo, tendo assinado os dois filmes protagonizados por
Scooby-Doo, que assentavam no mesmo princípio.

Criados pelo belga
Peyo em 1958, os «Schtroumpfs» são um povo de seres pequeninos e azuis, que surgiram numa história da série de BD medieval «Johan et Pirlouit» («João e Pirulito» em Portugal), mas rapidamente se autonomizariam na sua própria colecção. O sucesso foi, desde logo, esmagador, e trouxe atrás de si uma imensidão de produtos derivados, incluindo uma série de animação produzida nos EUA pelo estúdio Hanna-Barbera, que, estreada em 1981 e com um total de nove temporadas, imortalizaria os Smurfs no imaginário norte-americano.

Já em relação a
«Happy Feet 2», os detalhes do argumento são menos conhecidos. Sabe-se que envolve Erik, o filho do pinguim Mumble, que tem relutância em dançar, e também que este último terá de confrontar as forças poderosas que colocam o seu mundo em risco e o forçarão a unir as nações os pinguins para salvar a comunidade.

O filme é uma sequela de
«Happy Feet», que ganhou o Óscar de Melhor Longa-Metragem de Animação em 2007, e volta a ser realizado por
George Miller e continua a manter
Elijah Wood e
Robin Williams como as vozes principais. Alecia Moore vai subtituir a entretanto falecida
Brittany Murphy na voz de Gloria e sabe-se que
Brad Pitt e
Matt Damon terão pequenas participações. Está também confirmado que Pink cantará um dos temas do filme.

Tudo o que se passa à frente e atrás das câmaras!

Receba o melhor do SAPO Mag, semanalmente, no seu email.

Os temas quentes do cinema, da TV e da música!

Ative as notificações do SAPO Mag.

O que está a dar na TV, no cinema e na música!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOmag nas suas publicações.