«Bestas do Sul Selvagem», «Guia para Um Final Feliz», «00h30 A Hora Negra», «Os Miseráveis», «A Vida de Pi», «Amor», «Django Libertado», «Lincoln» e «Argo» são as nove películas nomeadas este ano ao Óscar de Melhor Filme, o último prémio a entregar na cerimónia de entrega das estatuetas douradas, que decorre hoje em Los Angeles (com transmissão em direto em Portugal a partir das 01h00 da manhã).

Tendo em conta os troféus recebidos nas cerimónias de entrega de prémios que antecederam a das estatuetas douradas no último mês e meio, «Argo» e «00h30 - A Hora Negra» seriam os favoritos à vitória, mas se tal suceder será apenas a quarta vez em 85 anos que um filme ganha sem o seu diretor estar nomeado ao Óscar de Melhor Realização. Neste troféu, o mais imprevisivel da noite dado que nenhum dos nomeados ganhou prémios norte-americanos muito relevantes no último mês e meio, competem o austríaco Michael Haneke por «Amor», um filme falado em francês que já vencera a Palma de Ouro em Cannes e que tem conquistado a crítica em todo o mundo, Benh Zeitlin pela fita independente «Bestas do Sul Slvagem», Ang Lee por «A Vida de Pi», David O. Russell por «Guia para Um Final Feliz» e Steven Spielberg por «Lincoln».

Daniel Day-Lewis parece reunir todo o favoritismo no troféu de Melhor Ator por «Lincoln», mas Joaquin Phoenix por «O Mentor» poderá ter aí uma palavra a dizer. A categoria de Melhor Atriz é mais renhida, com Jennifer Lawrence a partir como favorita por «Guia para Um Final Feliz», mas com forte concorrência de Jessica Chastain por «00:30 A Hora Negra» e de Emmanuelle Riva, que faz hoje 86 anos e é a mais velha nomeada de sempre nesta categoria. A mais nova da história também estará na cerimónia: chama-se Quvenzhané Wallis e tem apenas nove anos e vem defender «Bestas do Sul Selvagem».

Nos Atores Secundários, a corrida está completamente em aberto, com todos os nomeados a já terem vencido o Óscar pelo menos uma vez: Christoph Waltz por «Django Libertado» (já tinha vencido por «Sacanas sem Lei»), Philip Seymour Hoffman por «O Mentor» (venceu como Melhor Ator em «Capote»), Robert De Niro por «Guia para Um Final Feliz»(venceu como Secundário em «O Padrinho - Parte II» e protagonista em «O Touro Enraivecido»), Tommy Lee Jones por «Lincoln» (venceu por «O Fugitivo») e Alan Arkin por «Argo» (venceu por «Uma Família à Beira de um Ataque de Nervos»).

A categoria de Atriz Secundária é também das únicas que tem uma vencedora quase garantida: Anne Hathaway por «Os Miseráveis», sendo que só que só Helen Hunt por «Seis Sessões» poderá provocar ali alguma surpresa.

Na animação, onde há quase sempre um claro vencedor à partida, também está tudo por revelar, com «Frankenweenie», «Força Ralph» e «Brave Indomável» a dividirem os principais prémios da especialidade.

Uma coisa é garantida nesta noite de todas as surpresas: vai haver muita música, alguma dela por conta do apresentador, o irreverente Seth MacFarlane, que vai protagonizar com Kristin Chenoweth um grande momento musical já depois da entrega do Óscar de Melhor Filme.

Mas não é só: este ano estão já confirmadas atuações de Barbra Streisand, Shirley Bassey, Adele e Norah Jones, além de um número em homenagem aos musicais «Os Miseráveis», «Chicago» e «Dreamgirls», cantado por Jennifer Hudson, Catherine Zeta-Jones, Russell Crowe, Hugh Jackman, Anne Hathaway, Amanda Seyfried, Eddie Redmayne, Aaron Tveit, Samantha Barks e Helena Bonham Carter.

A cerimónia de entrega dos Óscares decorrerá no Dolby Theatre (que deixou de se chamar Kodak Theatre desde a falência da marca), em Los Angeles. Poderá ser vista em direto em Portugal a partir da 01h00 da manhã, na TVI.

Veja aqui a lista completa de nomeados ao Óscar

Acompanhe a noite dos Óscares em direto na companhia do Facebook do SAPO Cinema.