Michele Morrone tornou-se conhecido mundialmente graças ao filme polaco "365 Dias", que se tornou um fenómeno global depois de ter chegado à Netflix. Em entrevista ao site Pinkvilla, o ator revelou que pensou em desistir da sua carreira, tendo chegado a ser jardineiro para conseguir ter um ordenado.

À publicação, o italiano contou que não era escolhido para entrar em produções criadas e produzidas no seu país de origem. O motivo? Ser demasiado bonito, confessou. "A indústria italiana nunca me deu uma oportunidade para mostrar o que consigo. Em Itália, se és muito bonito, és apenas muito bonito.Não tens o que oferecer", explicou.

"Durante muitos anos,  tentei, tentei e tentei. Costumava  ficar até ao fim das audições", relembrou, contando que ouvia sempre a mesma justificação: "És bom, mas muito bonito. Não pareces real à frente das câmaras".

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.