O realizador arménio Artavazd Pelechian vai estar em Lisboa, na Cinemateca Portuguesa, para apresentar o conjunto da sua obra e participar numa conversa com o público, anunciou esta segunda-feira aquela instituição que promove a iniciativa com a Fundação Calouste Gulbenkian.

Entre 27 e 31 de maio, vão ser exibidos sete títulos de Pelechian, desde “O início”, de 1967, a “Vida”, de 1993, para além do filme “Le cinéaste est un cosmonaute”, de Vincent Sorrel, sobre o trabalho do realizador que deixou de filmar em meados dos anos 1990.

“Pelechian constrói um cinema que se desenvolve à margem do cinema dominante em que o homem é retratado como parte de um mundo em movimento incessante, numa visão verdadeiramente única do cinema e do mundo”, pode ler-se no comunicado da Cinemateca.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.