A realizadora dos filmes "Mulher Maravilha" desistiu de "Thor: O Mundo das Trevas" (o segundo da saga com Chris Hemsworth) porque tinha a certeza que não conseguia fazer um bom filme com o argumento que a Marvel lhe colocou à frente.

Numa entrevista à Vanity Fair, foi ainda mais longe: sabia que ficaria com as culpas por ser mulher e não teria outra oportunidade, mas que se fosse outro a ficar com o projeto, o fracasso não teria o mesmo impacto.

"Thor: O Mundo das Trevas", que chegou aos cinemas em 2013, costuma estar na lista dos piores do Universo Cinematográfico Marvel e o próprio Chris Hemsworth reconheceu que não era um fã do resultado.

Conhecida pelo oscarizado "Monster", Patty Jenkins foi anunciada em outubro de 2011, mas abandonou o projeto logo no mês seguinte alegando "diferenças criativas", embora tenha sublinhado em comunicado ter "gostado muito de trabalhar com a Marvel. Afastámo-nos com ótimas relações e espero que voltemos a trabalhar juntos".

Mais de oito anos depois, deixa tudo em pratos limpos.

"Não acreditava que podia fazer um bom filme do argumento com que estavam a pensar avançar. Acho que teria tido muito impacto, teria parecido que era culpa minha. Teria parecido como, 'Oh, meu Deus, esta mulher foi a realizadora e falhou todas essas coisas'. Essa foi a única altura na minha carreira em que realmente pensei 'Façam isto com [outro realizador] e não vai ser um grande problema", revelou à Vanity Fair.

"Não se podem fazer filmes em que não se acredita. A única razão para o fazer seria para provar às pessoas que era capaz. Mas não teria provado nada se não tivesse sucesso. Acho que não teria outra oportunidade. E portanto, estou super grata", concluiu sobre o tema aquela que se tornou, com "Mulher-Maravilha 1984", a a realizadora, argumentista e produtora mais bem paga da história do cinema.

O eleito acabou por ser Alan Taylor, que tinha um currículo no cinema de pouca expressão, com filmes como «Palookaville» ou «Kill the Poor», mas vastíssima experiência em televisão, com alguns dos mais importantes episódios de séries como «A Guerra dos Tronos», «Boardwalk Empire», «Roma», «Mad Men», «Lost» e "Deadwood".

"Mulher-Maravilha 1984" adiou de junho para 14 de agosto por cansa da pandemia de coronavírus.

DO PIOR PARA O MELHOR, TODOS OS FILMES DA MARVEL.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.