O próximo "Mundo Jurássico" vai ser um dos filmes mais caros da história do cinema.

A novidade é do novo realizador, o espanhol Juan Antonio Bayona, quando contou ao El Pais que a sequela vai ter um orçamento de 260 milhões de dólares.

O primeiro filme custou 150 milhões em 2015.

O orçamento previsto vai colocá-lo na fronteira dos 10 filmes mais caros de sempre, que é liderada por "Piratas das Caraíbas - Por Estranhas Marés", que custou uns astronómicos 397 milhões  em 2011.

O investimento parece confirmar o interesse do estúdio em apostar mais nos efeitos especiais, mas também deve refletir o aumento do salário das estrelas de "Mundo Jurássico", Chris Pratt e Bryce Dallas Howard.

Juan Antonio Bayona, conhecido por filmes como "O Orfanato" (2007) e "O Impossível" (2012), substitui como realizador Colin Trevorrow, que se mantém como argumentista na sequela mas optou por avançar para outros projetos atrás das câmaras: "The Book of Henry" e "Star Wars - Episódio IX".

Ainda sem título oficial, a sequela de "Mundo Jurássico" começa a ser filmada no início de 2017 e a estreia está marcada para 22 de junho de 2018 nos EUA. Está ainda previsto um terceiro filme.

VEJA A LISTA DOS FILMES MAIS CAROS DE SEMPRE.

 

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.