Steven Spielberg prepara-se para fazer outro filme sobre Indiana Jones, mas já pensa no futuro ou seja, em quem vai suceder a Harrison Ford quando este pendurar o chicote do arqueólogo mais famoso do mundo do cinema.

Em entrevista ao jornal britânico The Sun, o lendário realizador disse que tem a certeza que o quinto filme, que começa a ser rodado em abril de 2019, será o último com Ford, que terá então 76 anos.

Spielberg também disse que a saga irá certamente continuar depois disso (a Disney ficou com os direitos da personagem quando comprou a Lucasfilm em 2012 e pretende rentabilizar tal como fez com "Star Wars") e que é altura do explorador ter "uma forma diferente", mesmo reconhecendo que pode enfrentar a fúria dos fãs por causa disso.

Questionado se achava que o sucessor poderia ser uma mulher, acenou afirmativamente com a cabeça.

"Teríamos de mudar o nome de Jones para Joan. E não haveria nada de errado com isso", concluiu.

Sabendo-se o poder de influência que Spielberg mantém em Hollywood, isto pode ser rapidamente uma realidade.

Harrison Ford começou em 1981 com "Os Salteadores da Arca Perdida" e continuou com as sequelas "Indiana Jones e o Templo Perdido" (1984), "Indiana Jones e a Grande Cruzada" (1989) e "Indiana Jones e o Reino da Caveira de Cristal" (2008). O quinto filme, ainda sem título, chegará às salas certamente em 2020.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.