Ao melhor nível do agente Ethan Hunt dos filmes "Missão Impossível", Tom Cruise desbloquear o reinício da rodagem dos grandes "blockbusters" de Hollywood na Grã-Bretanha após "negociar" uma exceção às medidas COVID-19.

Na sexta-feira, os EUA ficaram de fora dos países incluídos numa lista de "corredores de viagem", o que significa que quem viaje de lá está obrigado a ficar 14 dias de quarentena.

No entanto, após uma reunião entre Tom Cruise e o Secretário da Cultura Oliver Dowden, foi anunciada uma exceção: a quarentena não se aplica às estrelas e um pequeno grupo de profissionais "essenciais" dos grandes filmes de Hollywood que se deslocam para trabalhar.

Estas pessoas ficam obrigadas a respeitar um ambiente social de "bolha" ou seja, as suas deslocações devem limitar-se a "hotel - local de rodagem - hotel".

Numa conferência de impresa este fim de semana, Oliver Dowden salientou que os maiores filmes e séries do mundo são feitos na Grã-Bretanha e o seu grande impacto económico.

Sem os constrangimentos dos 14 dias de quarentena, espera-se que sejam retomadas em breve as rodagens de filmes como "Missão Impossível 7", "The Batman", "Jurassic World: Dominion", "Monstros Fantásticos 3" e uma versão do musical "Cinderella".

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.