Tom Hiddleston terá perdido a sua oportunidade para ser o próximo James Bond, avança o jornal britânico The Sun.

De acordo com fontes que estão a acompanhar o processo, o romance com a cantora Taylor Swift, conhecido no Twitter por #Hiddleswift, é a razão para ter esfriado o interesse dos produtores da saga 007.

Embora tenha sempre colocado água fria na especulação, o ator de 35 anos era mesmo um dos favoritos e a sua recente participação na minissérie de espionagem da BBC "The Night Manager" deu-lhe vantagem na corrida, passando a ser visto como o sucessor natural de Daniel Craig.

Os rumores intensificaram-se quando foi apanhado num encontro com a produtora Barbara Broccoli num clube privado em Londres. Em maio, as apostas nas casas da especialidade foram suspensas.

No entanto, o circo mediático em que se transformou o romance com Taylor Swift nas últimas semanas, onde o ator foi até fotografado a usar uma camisola de alças a dizer "I Love TS", deitou tudo a perder.

"Bond precisa de um ar de mistério – o seu romance público com Taylor tornou a sua escolha totalmente impossível", adiantou uma fonte ao The Sun, acrescentando que as conversações iniciais com os produtores terminaram.

Agora, o interesse na corrida para ser o próximo 007 virou-se para James Norton, de 31 anos, que já ultrapassou Aidan Turner, Hiddleston, Idris Elba e Damian Lewis nas casas de apostas.

"É encantador e muito bizarro e lisonjeiro ser incluindo nessa conversa", foi a reação do protagonista das séries "Grantchester" e "Guerra e Paz".

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.