"Viúva Negra" arrecadou cerca de 80 milhões de dólares nos EUA [67,39 milhões de euros] este fim de semana de três dias, um recorde da era pandémica, confirmando que o Universo Cinematográfico Marvel continua a atrair o público, avançou o observador da indústria Exhibitor Relations este domingo (11).

O novo filme de super-heróis do estúdio que pertence à Disney, protagonizado por Scarlett Johansson como a superespiã da S.H.I.E.L.D, arrecadou ainda mais 60 milhões de dólares em streaming no Disney+ [50,54 milhões de euros], onde estava disponível a um preço adicional, e 78 milhões nos cinemas a nível internacional [65,71 milhões de euros], para um impressionante total global de 218 milhões [183,64 milhões de euros].

Segundo o Hollywood Reporter, é "sem precedentes" um estúdio anunciar o seu total de streaming no fim de semana de estreia de um título. O filme ainda não estreou na China.

Muito atrás, em segundo lugar, estava o "blockbuster" da Universal "Velocidade Furiosa 9", com 10,9 milhões de dólares [9,18 milhões de euros], menos da metade em relação ao último final de semana.

A saga protagonizada por Vin Diesel, Michelle Rodriguez e John Cena, tinha o recorde anterior dos tempos de pandemia, com uma estreia de 70 milhões.

A Universal também conquistou os dois lugares seguintes no ranking de receitas das bilheteiras.

Em terceiro, estava a sequela de animação "Boss Baby: Negócios de Família", com 8,7 milhões [7,33 milhões de euros], com as vozes originais de Alec Baldwin, Eva Longoria, Jeff Goldblum e Lisa Kudrow.

O filme de terror "A Purga: Adeus América", com Ana de la Reguera e Tenoch Huerta, ficou em quarto lugar, com 6,7 milhões [5,64 milhões de euros]. O último episódio da série decorre novamente num futuro próximo distópico, onde todos os crimes, até mesmo o assassinato, são legalizados um dia por ano.

Em quinto surge "Um Lugar Silencioso 2", da Paramount, com 3 milhões [2,53 milhões de euros], empurrando o seu total doméstico para perto dos 150 milhões [126,36 milhões de euros] durante a sétima semana de exibição. John Krasinski dirigiu o filme de terror que tem a participação da sua esposa Emily Blunt.

Este fim de semana marcou a primeira vez, desde que a COVID-19 tomou conta do mundo, que as bilheteiras dos EUA ultrapassaram os 100 milhões de dólares. Foram 116,8 milhões [97,87 milhões de euros], 20% a mais do que no fim de semana anterior.

Tudo o que se passa à frente e atrás das câmaras!

Receba o melhor do SAPO Mag, semanalmente, no seu email.

Os temas quentes do cinema, da TV e da música!

Ative as notificações do SAPO Mag.

O que está a dar na TV, no cinema e na música!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOmag nas suas publicações.