Três anos após o primeiro encontro, voltariam a encontrar-se em Viena, cidade onde Chris Eckman gravaria vozes para o tema John Lee Huber dos Tosca. Começariam então a ensaiar juntos, ao mesmo tempo que ficheiros de som percorriam, vezes sem conta, o Oceano Atlântico.

Disco que prova que a fronteira que divide a folk americana das electrónicas europeias é ténue, «American Primitive» marca o encontro entre as raízes americanas de Eckman e o gosto pelo trabalho dos compositores clássicos europeus e pela música de cariz mais abstracto de Huber.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.