“Nós conseguimos!!! 24 horas a tocar bateria!!!”, twittou, lembrando pouco depois: “Lembrem-se… Eu não o fiz, NÓS fizemo-lo. Vocês estiveram comigo em cada batida. Sinto-me muito emocional e animado”.

WK estava a tentar bater o recorde da sessão mais longa de bateria dentro de uma loja – desafio que aceitou por diversão, segundo revelou à “NME”, durante um dos intervalos de cinco minutos que fazia de hora em hora.

O músico foi auxiliado na sua maratona de bateria por vários convidados, entre os quais se encontravam Marky Ramone e Chad Smith, dos Red Hot Chili Peppers.

O desafio foi proposto a Andrew WK na sequência dos O Music Awards que, no ano passado, já haviam desafiado os The Flaming Lips a baterem o recorde pertencente a Jay-Z por ter atuado no maior número de cidades num espaço de 24 horas. Wayne Coyne e companhia tocaram em oito cidades diferentes, ultrapassando, assim, Jay-Z, que, em 2006, tinha conseguido atuar em sete cidades.

Assista aqui à façanha de Andrew WK.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.