A banda, que não pisava os palcos portuenses há 14 anos, protagonizou um espectáculo efusivo, que se prolongou por mais de hora e meia. Os agradecimentos à plateia foram uma constante ao longo das quase 20 músicas interpretadas – quatro das quais num encore previsível, que não aguardou pelo chamamento do público.

Ao terceiro tema, eis que surge um ainda tímido mosh pit, que se intensificou, em rapidez e agressividade, nas músicas que se seguiram.

Asseguraram a primeira parte do concerto dos Dark Tranquility os finlandeses Insomnium, estreantes em território nacional.

Rendido à receptividade dos portugueses, o vocalista do grupo não se cansou de elogiar o público que se deslocou à renovada sala de espectáculos, não hesitando em sublinhar a sua predilecção, face aos fãs do país nosso vizinho.

Confere aqui as melhores fotos da noite:

Insomnium

Dark Tranquility

Texto e fotografia: Pedro Fortuna

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.