O casal de artistas e Solange Knowles ainda não tinham dado declarações desde que o portal especializado em celebridades TMZ publicou o vídeo que mostra Solange a esbofetear e pontapear Jay Z. Foi nesse hotel que aconteceu uma "after party" depois da "Met Gala" de Nova Iorque, em 5 de maio.

Num comunicado divulgado nesta quinta-feira, a família não explicou o motivo da discussão, mas declarou que os dois envolvidos tinham culpa e estão determinados a manter-se unidos.

"Houve uma grande quantidade de especulação sobre o que desencadeou o infeliz incidente", diz a nota enviada para a Associated Press pela família Knowles-Carter. "Mas o mais importante é que nossa família procurou uma solução. Jay e Solange assumem a sua parcela de responsabilidade pelo que aconteceu. Ambos reconhecem o seu papel nesse assunto" e desculparam-se mutuamente. "Seguimos em frente como família", acrescenta.

O comunicado também nega que a irmã de Beyoncé estivesse bêbeda ou drogada, como se especulou.

Na segunda-feira, o hotel Standard de Manhattan garantiu que estava a investigar como o vídeo filmado pelo circuito interno de segurança foi disponibilizado no site TMZ, que postou o registo online nesse dia.

Nesta quinta-feira, o hotel disse ter demitido um funcionário pelo incidente, acusado de violar as normas de privacidade da empresa e de ter gravado o vídeo.

@AFP

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.