Jay Z comprou este ano, por 56,2 milhões dólares, o service de streaming norueguês Wimp, do qual o Tidal Hifi faz parte, para tentar conquistar o mercado norte-americano contra gigantes como a Apple.

O rapper rap anunciaou "um novo rumo para a indústria da música, do ponto de vista criativo e comercial".

Muitas estrelas, incluindo Madonna ou a mulher de Jay Z, Beyoncé, substituíram a sua imagem de perfil no Twitter ou Facebook por uma foto de fundo azul turquesa, cor do serviço Tidal Hifi. As cantoras também participam no spot publicitário e na conferência de imprensa ao lado de nomes como Kanye West, Daft Punk, Rihanna, Chris Martin, Jack White, Alicia Keys ou Arcade Fire.

O serviço de streaming de música foi lançado no mercado norte-americano em novembro passado e está disponível em 31 países.

No final do terceiro trimestre de 2014, o Wimp contabilizava 512 milutilizadores pagantes no norte da Europa, Alemanha e Polónia. Um número modesto se comparado ao Spotify, número um da música online, que em meados de janeiro afirmava ter 60 milhões de utilizadores ativos, incluindo mais de 15 milhões que pagam pelo serviço.

Com um serviço de pagamento de 19,99 dólares por mês, o Tidal Hifi é duas vezes mais caro do que o Spotify, mas oferece uma qualidade de áudio superior.

Jay Z espera que o serviço rivalize com os pesos pesados do mercado de streaming, em franco crescimento nos Estados Unidos, com competidores como o Rhapsody, Deezer e Beats Music, propriedade da Apple.

@AFP

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.